Skip to content

Gritando HC, 27 anos de atitude

Desde 1994 fazendo um som que resgatou a energia punk dos anos 80 junto ao peso do Hardcore dos anos 90. O G.H.C foi formado por Donald (in memoriam) e Lê nos vocais, se inserindo rapidamente na cena independente nacional.

Em 199, lançaram sua primeira fita demo, que teve uma enorme aceitação do público, que já lotava os primeiros shows da banda.

Em 1997 sai o primeiro CD independente (G.H.C). CD que deu uma revigorada no movimento Punk e na cena independente do Brasil.

Musicas como “Velho Punk” e “Punks não Morreram” transformaram-se em hinos de uma geração que surgia em meio aos shows no Hangar 110, importante casa de shows em São Paulo, que na sua inauguração, em 1998, teve show do CPM22 no começo de carreira, e como principal atração da noite, Gritando HC.

G.H.C está comemorando em grande estilo seus 27 anos, sim! Vai estrear o filme: “Gritando! Punk Rock, Skate e Underground: A História do Gritando HC.” O documentário tem 52 minutos e aborda as fases dos mais de 25 anos da banda, narradas pelos vários personagens que construíram e vivenciaram a trajetória do grupo.

@ofilme.gritando idealizado e dirigido por @alexandremapa e tem produção da @marinadeideiasproducoes.O filme terá sua estreia no 13ª @ineditbrasil – Festival Internacional do Documentário Musical, integrado a programação da categoria Mostra Brasil, que acontecera de hoje (16) a 27 de junho, com mais de 50 filmes nacionais e internacionais.

Cartaz do filme

O cartaz do filme é do talentoso Vitor Valença (@mofoazul)

“Se liga! É hoje a estreia!”

Quer discografia?! Nós temos!

1997 – Gritando HC

2000 – Ande de Skate e destrua

2002 – Gritando HC ao vivo

2010 – Fase Adulta

2017 – Terra de Lobisomens

2020 – Gritando HC Live

Conheci o G.H.C há exatos 21 anos, quando eu morava no estado de SP. Lembro que um colega me apresentou essa banda, a irmã dele tinha ido a um lugar onde o G.H.C estava se apresentando, ela curtiu muito a banda e comprou camiseta e CD e deu de presente pra ele, que acabou dando de presente para mim, camiseta essa que tenho até hoje! Tá toda “ferrada” mas está aqui, em um lugar de destaque! O CD infelizmente eu não tenho mais…  mas vou te contar: curti altas piras ouvindo aquele CD.

Voltei pra Londrina (graças a DEUS!) e, nessa época, aquela, do Orkut, o G.H.C veio fazer um show na cidade vizinha, Apucarana. Lembro de ter ficado muito “PUTO” da vida por não poder ir ao show, lembro que conversei com a Lê pelo velho Orkut, e falei: “Que massa, Lê, vocês vão tocar pertinho de Londrina”. Lê falou: “Que legal! A gente se vê lá!” Pois é…. agora, 21 anos depois, cá estou, encerrando a matéria sobre essa banda “foda” que sou fã, com a frase do saudoso Donald: “Punk ae, tem Punk ae!?!?!” (A vida e suas surpresas)

Vida Longa GRITANDO HC!!!

Bora pro Rock Leitores!!!

Rogerio Rigoni


Foi comerciante a vida toda, se rebelou e assumiu seu lado de escultor. A música que sempre foi sua paixão! Rock and roll na vida e na arte!

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.