Skip to content

21 de outubro, o Dia D!

Por Rogério Rigoni

Fala, meninas e meninos do ROCK!

Dia 21 de outubro amanheceu frio em Curitiba, o céu cinzento, mas sem chuva. Tomamos nosso café da manhã na casa da nossa prima Marlei, depois nos trocamos e fomos passear no centro que fica ali pertinho: Passeio Público, Largo da Ordem e fomos procurar onde ficava a @joaquimlivraria, que fica na rua Alfredo Bufren 51- centro de CWB, onde iria rolar os shows do @wi_fi_kills, As Ma’s Notícias e @dirtyquarantineband, comemorando os 7 aninhos da @zoomdiscos.

LEIA TAMBÉM

Achamos a livraria e lógico que fomos conhecer a parada. Cara, que demais o lugar! Vários discos de vinil, livros diversos e achamos até o disco dos nossos amigos do @bufalosdagua! O dono estava vestido com a camiseta da @zoomdiscos e eu vestido com a camiseta da @m.anarquika. Conversamos um pouco enquanto a Ângela se divertia nos livros. Cara, que livraria massa! A maior energia boa, um lugar compacto, com uma escada muito legal até chegar nela, fica no primeiro andar.

Ficamos imaginando como caberia tanta gente, onde seria montado o palco e essas coisas…

Voltamos para casa da nossa prima lá pelas 11h, almoçamos e ficamos esperando dar o horário do show, que começava as 16h. Fomos descansar um pouco e, lá pelas 15h, descemos para livraria. Quando chegamos uma parte do Wi-fi-Kills já estavam lá montando o palco e tals, saímos de lá para não atrapalhar, pois eles ainda estavam afastando as mesas. Quando estávamos lá embaixo chegou a Babi Age @babiage, baterista da banda wi-fi-kills, que é também a baterista do @escambauoficial e das @bandacigarras. Que emoção massa, a gente só se conhecia virtualmente e agora, pessoalmente, foi lindo!

Dia D de rock

Logo depois chegou o trio do Dirty Quarantine, que a gente só se conhecia virtualmente também, nos abraçamos, conversamos e foi massa pá caralho!

Dia D de rock, em Curitiba, no aniversário da Zoom Discos. As mandaram quebraram tudo e o público compareceu
As Ma’s Notícias

Ficamos lá embaixo trocando uma idéia com a galera, quando descendo a rua vinha Leonardo Tocha, dono da Zoom Discos. Nos abraçamos e, como ele estava nos corres das paradas, a gente deixou para trocar uma idéia depois que as coisas estivessem um pouco mais calmas.

Umas 17h20 o Wi-Fi-Kills subiu no palco. Cara, eu fiquei de boca aberta com o show deles, que intensidade absurda! Ficamos colados no palco, ficamos tão ligados no show que até esquecemos de dançar (kkkkk), tamanho foi o prazer de estarmos lá, curtindo o show na casa dos caras porque, em Londrina, quando eles vieram, não pudemos ir (snif, snif).

Dirty Quarantine

Logo depois do show, foi a vez das Ma’s Notícias, na qual o Tocha é guitarrista. A batera, o baixo e vocalista são mulheres. Que show foda! Além deles tocarem muito, a banda agita a rapaziada, que somzeira da porra! Que massa que tem mais uma banda surgindo e além disso eles vão gravar dois singles!

Logo em seguida sobe ao palco a Dirty Quarantine com seu surf music matador que agitou a galera, um trio que quebrou tudo no som. Foi uma pena que nesse show não podíamos ficar até o final, a Marleizinha dorme cedo.

Outra coisa, o lugar estava lotado de gente, tanto fora como dentro, nós ficamos de cara como o underground é muito unido em Curitiba. Londrina tem que aprender um pouco com eles.

Mas está valendo, foi um sábado de arrepiar a alma e aquecer o coração, nós ficamos muito felizes em conhecer o pessoal “pessoalmente” e eles ficaram também em conhecer a gente.

Leonardo Tocha, dono da Zoom Discos

Ah! A banca da Zoom Discos estava lá, com seus EP’s e o vinil do Faca Cega. Eu falei com o Tocha que esse era meu sonho de consumo e o cara me falou: “pode levar Rogerio, você está dando uma força pra gente, depois você me manda o PIX”. Cara, eu fiquei emocionado! Valeu, Leonardo Tocha, pela confiança.

Espero que vocês tenham gostado da nossa aventura musical, ótimo resto de semana e…

BORA PRO ROCK!         

Rogério Rigoni

“FALA, MENINAS E MENINOS DO ROCK”! Assim começa o programa o DNA Rock Brasil, pela radio web Antena Zero, de São Paulo! Sou um dos apresentadores e falo do que amo desde que me conheço por gente: música! E se for autoral, melhor ainda! E já que não tive uma banda, me realizo falando e escrevendo sobre rock and roll! Punk de alma e de coração, vivendo em paz ! E…BORA PRO ROCK! Me sigam no Instagram: @historias_de_rock

Fotos: Divulgação

Leia mais colunas DNA do Rock

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

  

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.