Skip to content

Do Jeito Que Elas Querem – O Próximo Capítulo: comédia romântica para quem tem 40+

Por Marcelo Minka

Finalmente um friozinho decente na manhã da fazendinha, com um café quentinho ao lado do notebook senão fica difícil sair algum texto. E Guardiões da Galáxia Vol. 3 (texto da semana passada) dominando literalmente 90% das salas da cidade. Então vamos escrever sobre um filmezinho modesto, e interessante se você tiver 40 anos ou mais.

O filme original ‘Do Jeito Que Elas Querem’ foi produzido antes da pandemia, em 2018, e seu roteiro acompanhava quatro amigas de longa data. Participantes de um clube do livro, suas vidas mudaram radicalmente depois de lerem ’50 Tons de Cinza’. Este ‘Próximo Capítulo’ traz de volta as amigas e seu clube do livro em uma viagem à Itália. Claro que segredos são revelados e as coisas saem do controle, transformando tudo em uma gostosa aventura cross-country.

Nos papéis principais estão as carismáticas e engraçadíssimas Jane Fonda, Diane Keaton, Candice Bergen e Mary Steenburgen, que dispensam apresentações. Engraçadíssimas sim, mas as piadas só farão sentido se você já tiver passado por determinadas situações na vida, e para isso você tem que ter mais de 40 anos.

A primeira trama foi engraçadinha, neste segundo filme as coisas são elevadas ao quadrado e com uma produção mais caprichada, tentando fazer com que esta produção tenha o mesmo sucesso que o filme de 2018. Mas, felizmente ou infelizmente, em cinco anos os hábitos culturais de diversão, pós-pandêmicos, mudaram no mundo inteiro. O grande público está muito mais seletivo para ir às salas de exibição, além, de termos toneladas de filmes nos streamings com este tipo de narrativa.

Sejamos sinceros, amigas que saem para viajar pelo mundo e se metem em encrencas já vimos muitas vezes, mas este ‘Próximo Capítulo’ tem a sensibilidade de mostrar uma realidade factual, nos jogando com certa violência para dentro da pandemia e nos mostrando uma realidade vivida por três anos. Então, uma viagem à Itália com amigos faz todo o sentido depois de ficarmos meses presos em nossas casinhas.

Dirigido e produzido por Bill Holderman (Por Aqui e Por Ali – 2018), que também dirigiu o primeiro filme, não mudou nada nas amizades, apenas tornou as questões pessoais mais profundas. Outro ponto positivo é a fotografia, mostrando imagens inusitadas de Roma, Veneza e Toscana. Comédia romântica para nós, ‘maduros’.

Marcelo Minka

Graduado em licenciatura em Artes Visuais, especialista em Mídias Interativas e mestre em Comunicação com concentração em Comunicação Visual. Atua como docente em disciplinas de Artes Visuais, Semiótica Visual, Antropologia Visual e Estética Visual. Cinéfilo nas horas vagas. Me siga no Instagram: @marcelo_minka e @m_minka_jewelry

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.