Skip to content

Bad Boys: Até o Fim, a volta eletrizante e nostálgica dos detetives bregas de Miami

Por Marcelo Minka

Agora é oficial, já estamos no meio do ano. Pelo menos, o mundo deu uma acalmada e não acabou ainda. Para celebrar, nada melhor que um cinema em boa companhia. Bad Boys: Até o Fim marca o retorno de Will Smith (aquele do tapa na cara do Chris Rock no Oscar de 2022) na pele do detetive Mike Lowrey, ao lado de Martin Lawrence na pele do detetive Marcus Bunett. A bagunça toda acontece de novo nas ruas de Miami, em uma aventura nostálgica e divertida.

Dirigido por Adil El Arbi e Bilall Fallah, que também dirigiram o Bad Boys de 2020, a dupla acerta ao combinar a ação frenética e o humor característicos da franquia com uma trama atualizada e personagens mais maduros.

Vamos abrir um parêntese aqui para falar do tapão no Oscar, pois ele teve reflexos no lançamento desta produção. O filme, originalmente previsto para 2023, foi adiado para 2024 devido à repercussão negativa do incidente, com alguns críticos e espectadores declararando boicote ao filme como forma de reprovação da atitude de mr. Smith.

Há também especulações de que uma cena em que Marcus dá tapas em Mike seja uma referência indireta ao tapa no Oscar, servindo como sátira ou comentário social, o que deixou a cena bem mais engraçada.

Apesar de Will Smith se desculpar publicamente por suas ações e se afastar da vida pública por um tempo, ainda não há informações oficiais sobre a continuação da franquia “Bad Boys”, com o futuro dos personagens dependendo da recepção do público ao novo filme e da situação de Smith em Hollywood. Na verdade, não há certezas sobre a continuação da carreira de mr. Smith como ator. Mas vamos voltar ao filme.

Bad Boys, a revanche de Armando Armas

Bad Boys: Até o Fim traz Will Smith e Martin Lawrence de volta, na pele dos detetivas mais bregas de Miami, mas com muita diversão

Nesta nova missão, os detetives enfrentam Armando Armas, interpretado por Jacob Scipio (Bad Boys – 2020), ator bonitinho e ruinzinho. No filme, ele é filho sedento de vingança de um senhor do crime, morto por Mike no passado. A trama coloca os Bad Boys à prova enquanto investigam um cartel de drogas e lidam com conflitos internos na própria polícia.

Não, você não está assistindo um filme de Michael Bay (dirigiu todos os Transformers e o Bad Boys original). Carros explodindo, tiroteios intensos e perseguições alucinantes constroem um espetáculo visual empolgante, com pitadas de humor que garantem leveza e diversão.

A química entre Will Smith e Martin Lawrence continua impecável, proporcionando momentos hilários. Há muitas referências aos filmes anteriores e aos filmes de ação famosos. Com sua fórmula de ação, humor e nostalgia, “Bad Boys: Até o Fim” diverte tanto os fãs da franquia quanto novos espectadores, garantindo adrenalina e risadas. Uma boa “Sessão da Tarde”.

Fotos: Divulgação

Marcelo Minka

Graduado em licenciatura em Artes Visuais, especialista em Mídias Interativas e mestre em Comunicação com concentração em Comunicação Visual. Atua como docente em disciplinas de Artes Visuais, Semiótica Visual, Antropologia Visual e Estética Visual. Cinéfilo nas horas vagas. Me siga no Instagram: @marcelo_minka e @m_minka_jewelry

Leia todas as colunas de Cinema

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.