Skip to content

Um desabafo sobre ser artista

Por Ângela Diana

Um desabafo.

Sim! SOU artista…. Não ESTOU artista! E tomo a liberdade de representar toda a minha classe de artistas na coluna de hoje… 

 Estou fazendo uma RIFA (significado disso: “pelamordedeus, preciso de dinheiro porque esse país é uma merda e meu currículo de 38 anos de experiência não me serve nem para limpar o chão!).

“Ai! Coitadinha, vou comprar pra dar uma força”! Por favor, se o pensamento é esse, NÃO COMPRE MESMO! 

LEIA TAMBÉM

Sabem, peguei uma jaqueta – que alguém vendeu num brechó -, lavei, limpei as energias com anil, refiz cada pedacinho dela usando técnicas milenares, comprei material de outras pessoas (dando força também ao nosso comércio, que é obrigado a pagar imposto para essa porcaria de prefeitura), fiquei horas trabalhando nela! E estou “rifando”! Pombas! (Calma, não estou “rifando” as pombas da cidade, ainda!)

Aliás, veja como participar da rifa desta jaqueta exclusiva aqui, pelo Facebook.

Se você não entendeu o que estou falando, explico: É uma vergonha precisar rifar uma peça única porque aqui, nesta cidade, TODO MUNDO que é criativo, que são artistas ou são considerados vagabundos ou NÃO PODEM USAR SEUS CURRÍCULOS DE ANOS DE TRABALHO POR FALTA DE UMA MERDA DE PEDAÇO DE PAPEL QUE DIZ : ELA PODE FAZER O QUE Já FAZ HÁ ANOS!

É, eu fui obrigada a voltar pra faculdade e devo terminar dessa vez! 

A “caixinha” dessa sociedade maldita me pegou! Mas, acreditem! Vou continuar usando isso para lutar pelos direitos dos artistas! 

Posto isso, me disseram que eu sou desorganizada com minhas contas! Será que é TÃO DIFICIL para as pessoas que estão em trabalhos públicos ou tem  carteira assinada saberem que aqui, a gente que é o tal PROFISSIONAL LIBERAL ganha num dia, para comer no outro?

Ah! E ser EMPREENDEDOR! KKKKKKKKKKKKKK! 

O Brasil ODEIA empreendedores! O governo é um grande cabide, aliás closet de empregos! Quer viver bem aqui? 

Faça concursos para qualquer área do governo, faça seus cursos, ganhe seu salário, cale a boca para não perder seu emprego, se aposente! 

(PELAMORDEDEUS! EU NÃO ESTOU FALANDO DE FUNCIONÁRIOS PÚBLICOS QUE REALMENTE TRABALHAM PARA A COMUNIDADE!)

E mais desabafo

“Ângela, mas tem o MEI! Eles incentivam os pequenos empreendedores, tem até linha de crédito!” KKKKKKKKKKK

Sério, gente? Você está com seu nome limpo? Você acha que a maioria dos brasileiros que se fode pegando ônibus cheio, pagando boletos, tentando comer, comprando remédios, estão com o nome “limpo”? 

“DESENROLA BRASIL”? OOOO, POVO! Bancos, financeiras, grupos de telefonia, agências de empréstimo, prefeitura e outros que tais, vocês não tem VERGONHA NA CARA, NÃO? 

Só os juros que todo o brasileiro honesto paga ou tenta pagar, já pagou a dívida pelo menos umas três vezes!

Outros que precisam TOMAR VERGONHA NA CARA (há exceções, ok?) são os ECONOMISTAS que vão na TV e querem ensinar um brasileiro, que ganha miséria (quando ganha!) de um salário minúsculo (mínimo é só um nome bonito!) e fala como “guardar dinheiro”, cara! Vocês tomam remédios? Vão no mercado? Ah, tenha dó!

Artistas! Faço rifa, leilão, tento vender roupa em brechó, empresto dos amigos (e pago), vendo o que der na casa, procuro emprego que aceite meu currículo (nunca dá certo), TUDO para continuar meu trabalho e para sobreviver…. Humilhação? Artista come isso com farinha todo dia!

Não precisa ter dó de mim, não. Eu escolhi e fui escolhida pela arte e sou uma pessoa feliz! 

Mas, se como artista, eu não falar do que é injusto, porcaria e não colocar a boca no “trombone” sim, para que ser artista? E para quem é arrogante e bate no peito falando “EU TRABALHO”, MUDA DE LUGAR COMIGO OU COM QUALQUER OUTRO ARTISTA, de qualquer área que, como eu, batalha desde os 15 anos e depois a gente conversa! 

Ah! Uma dica IMPORTANTÍSSIMA: Se você não quer ou não entende o que é essa PROFISSÃO, no Brasil cheinho de gente corrupta e folgada, não dê palpites de como gerir nosso dinheiro….

Nós não temos dinheiro para gerir, investir, trabalhar em paz! 

Nós, artistas, temos apenas FÉ! 

Essa coluna é mais um desabafo sobre as dificuldades de ser artista e empreendedor no Brasil.

E café, com bastante açúcar, para engolir com mais suavidade as merdas que a gente escuta todos os dias!

Pax vobiscum para quem vive e trabalha pela paz. Para os outros que vão todos pra Plutão!

Ângela Diana

Sou londrinense e me dedico à arte desde 1986 quando pisei pela primeira vez no atelier de Leticia Marquez. Fui co-fundadora da Oficina de Arte, em parceria com Mira Benvenuto e atuo nas áreas de pintura, escultura, desenho e orientação de artes para adolescentes e adultos. Instagram angela_dianarte

Leia todas as colunas de Arte

Fotos: Acervo pessoal

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

1 comentário

  1. Dia da Alma limpar o emocional, jogar os sentimentos ruins, não recicláveis, na diluição,na queima… renascer depois e viver a realidade de um Mundo sem Cultura, sem Criação… sem Arte… penso que os Grandes Artistas de milênios, séculos… não puderam ver encarnados o sucesso de suas obras. Porém, nem eles são valorizados nos dias atuais… um País que vive sem a Arte não tem história e nunca terá… que venha a Revolução da Arte e que os pincéis virem bandeiras de quem nasceu com alma cheia de cores e amores para criar a beleza, sem concorrer com a Natureza. Coragem e Fé, pois a Esperança só Deus poderá prover…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.