Skip to content

Série Mulheres Artistas: Aonde estão?

Não vou parar de trazer nomes e histórias das mulheres que fizeram ou fazem a arte acontecer…. Mas sinto que muitas coisas precisam ser explicadas, antes de continuarmos com essas mulheres fantásticas!

Para começo de conversa, me lembrei que Tomie Othake preferiu cuidar da família, antes de ingressar de vez na carreira…

Foto: Menlo Park Art

Outro caso foi de Aparecida Esteves (artista que apresentarei nas próximas colunas), que foi um grande exemplo de que esta história de idade é bobagem! Ela fez sua primeira individual com 70 anos!! Isso nos idos dos anos 1980. Se ela ainda estivesse viva, seria um ícone como Iris Apfel! Para mim e muita gente, a “tia”, como carinhosamente a chamávamos no atelier, “É” um ícone, um exemplo de mulher e de artista!

Quantas mulheres tiveram que parar suas carreiras pela metade por causa dos filhos, e quantas foram criticadas por não terem tido filhos e optarem por suas carreiras! Que mundo é esse, em que as pessoas se preocupam tanto com a vida e as escolhas do outro? Sempre com críticas ou crueldade!

Foto: Pixabay

Artista trabalha de madrugada, artista mulher ainda tem que arrumar sua casa, fazer mercado, ter uma vida “normal” e ainda aguentar situações de puro machismo…. Mas isso também falei na coluna passada!

Tenho tido muito contato com as meninas que são des bandas independentes e, mesmo nesse meio que é mais livre, temos dificuldades de conhecer e encontrar bandas só de mulheres… Para quem é homem: vocês já se imaginaram na pele de uma mulher (como Mel Gibson, naquele filme que ele começa a ouvir o que elas pensam)?

Tenho uma amiga que diz que a mente dela é uma “selva”! Ela é mãe, desenhista , escritora…e eu não sei como ela dá conta!

Vocês sabiam que existem mais quadros com mulheres nuas ou seminuas, pintadas por homens, nos museus do que quadros pintados por mulheres?

E as mulheres negras? As mulheres asiáticas, as mulheres ao redor do mundo? E imagino o quanto deve ser extremamente horrível, além de ser mulher, ainda ser artistas , em lugares que tem regimes políticos como o Talibã! Se já querem anular a mulher como gente, imaginem se elas teriam “voz” nas artes!? Como dar apoio?

Creio que uma das formas são as mulheres se unirem e se comunicarem, ainda mais nesses tempo de internet! Começar a trocar cada vez mais informações uma com as outras e tentar, na medida do possível, entender que quem faz sua vida é VOCÊ MESMA e que ninguém tem o direito de interferir na sua vocação!

E coluna que vem já dei o “spoiler”! Falarei de Aparecida Esteves, uma mulher de uma garra incrível, mãe, avó, mas antes de tudo uma grande artista!

PS – Estão abertas as inscrições para o 13o. Salão de Artistas Sem Galeria. Quem sabe não é hora de “soltar” seu artista interior. As inscrições vão até 3/11 e podem ser feitas on-line no site do Mapa das Artes.

Foto: Divulgação

PS 2 – E lembrem-se, ajudem o jornal – que é feito por duas mulheres – a continuar ser diferente e independente, entrem no site Catarse  e doem qualquer quantia!  Um jornal nosso, que abre espaço para a cultura, tem que ser cada dia mais apreciado! Vocês não acham?

Pax vobiscum! Arte é para sempre…..

Angela Diana

Foto: Ana Paula Barcellos

Sou londrinense e me dedico à arte desde 1986 quando pisei pela primeira vez no atelier de Leticia Marquez. Fui co-fundadora da Oficina de Arte, em parceria com Mira Benvenuto e atuo nas áreas de pintura, escultura, desenho e orientação de artes para adolescentes e adultos.

Foto: Pixabay

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.