Skip to content

Inspiração

Por Angela Diana

Estou viva, gente! Depois de duas idas ao Upa Sabará, antialérgicos, injeção para acalmar a tosse, mais remédios com corticoides, já me sinto mais dentro do corpo! Procurando inspiração para a coluna dessa semana (olha, gente, eu ate fiz crochê bemmn básico pra esquecer de tossir nessas duas semanas), me deparei com um livro que tenho há anos, foi meu primeiro livro sobre um artista. PABLO PICASSO! O livro tem a Madona na capa, que ele pintou quando jovem. Quando comecei a ler, simplesmente me apaixonei por Pablo Picasso! Toda sua obra, tantas técnicas, tanta arte, tanta energia!

Foto: Acervo pessoal

Todas as vezes que me sentia meio sem rumo no processo de criação, eu abria o livro e a vontade de pintar aflorava! Quando eu já conseguia comprar os livros, passando por uma livraria no centro, dei de cara com uma caixa com dois volumes sobre Picasso e todas as fases na arte que ele teve. Mas nada é perfeito e o livro é em inglês, língua que gosto, mas não domino. Tudo bem, ne? Porque a obra é que vale, e eu entendi tudinho!

Outro livro clássico, que todo artista deve ter, é do Giulio Carlo Argan, sobre arte moderna…. Não tem como falar de Picasso, sem falar da arte moderna e do que Picasso e seus contemporâneos nos inspiram até hoje. Afinal, artistas fazem parte da mesma tribo e a história da arte prova que, até pode aparecer alguma competição, mas o tempo sempre prova o que é melhor e o que é MELHOR sobrevive!

Quando fui para Nova Iorque, em 1992, me perdi no Metropolitan Museum… que é simplesmente fantástico… Qual não foi minha surpresa quando, no final do corredor, dou de cara com o quadro da Madona, que serviu de ilustração para o livro que li, reli e que me acompanha há anos. A emoção foi tanta que paralisei em frente do quadro, fui descendo os olhos bem devagar e estava lá: a assinatura de um dos meus artistas favoritos! (As obras da Leticia Marquez também causam isso em mim: vontade de trabalhar, desenhar, pintar, diga-se de passagem!)

Sabe o que é ter obras de arte favoritas? É a mesma coisa que que uma cor que você ama e que, por amar, já faz parte de você! Você pode até transitar e explorar outras cores, mas AQUELA é SUA, TE REPRESENTA! Assim é com a arte. Quando abri os livros para fazer as fotos, me dei conta que com toda essa pandemia e tantas dificuldades que todos temos passado, minhas fontes de inspiração estava aqui, ao alcance da minha mão.

Claro que vou reler tudo e ver todas as imagens e espero que mais cedo ou mais tarde eu possa rodar o mundo e ver todas as grandes obras que já fazem parte de mim! A mais cobiçada para ver? “Guernica”, claro, e ah! O teto da Capela Sistina  de Miguelangelo, outro grande artista da tribo toda. Claro que faz parte desse sonho de consumo, comer todas as comidas típicas dos lugares! Afinal, tem que ter alimento para o corpo e para a alma!

E você? O que te inspira tanto a ponto de fazer parte da sua vida?

Foto: Ana Paula Barcellos

Angela Diana

Sou londrinense e me dedico à arte desde 1986 quando pisei pela primeira vez no atelier de Leticia Marquez. Fui co-fundadora da Oficina de Arte, em parceria com Mira Benvenuto e atuo nas áreas de pintura, escultura, desenho e orientação de artes para adolescentes e adultos.

Foto principal: Reprodução da internet

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.