Skip to content

Essa coluna é para você!

Por Ângela Diana

SIM! A coluna de arte de hoje é para você, que se acha a pessoa mais equilibrada do mundo e que mantém suas contas em “dia”, e que bate no peito e fala “EU TRABALHO”! ou “EU CONSEGUI SOZINHA (O) COM O MEU ESFORÇO”! 

Essa coluna é para quem chama artista de desequilibrado e que invalida qualquer visão ou fala mais “inteligente” que a sua! VOCÊ que se acha muito esperto(a), para puxar o saco de quem quer  que seja para manter seu emprego na caixinha, aquele que não pode perder porque foi tão mimado e protegido que jamais vai conseguir viver numa corda bamba , trabalhando mais de 18 horas por dia sem saber se vai ser pago.

LEIA TAMBÉM

Essa coluna é para quem se acha superior aos artistas, para quem acredita que artista é emocional e fora da realidade! É para os arrogantes que acreditam, de verdade, que podem traçar um plano de vida para a vida dele e dos outros e que está sempre “certo”….

Já cansei de ver artistas sendo invalidados em suas opiniões e visões de mundo e que, em vez de falarem, continuaram fazendo seu trabalho mesmo tendo que roubar hóstias da igreja para não passar fome! E que, no final de pouco tempo ou séculos, provaram que estavam certos!

Você precisou de nós

Triste de quem acha que se fez “sozinho”!

Você precisou do motorista de ônibus para o levar na  escola, do professor que lhe deu aula, do irmão ou irmã mais velha pra o ensinar a andar de bicicleta e ajudar nas tarefas de escola.

Vitrais da Basílica da Sagrada Família- Barcelona/Foto: Sagrada Família

Você precisou do artista que desenhou seu game, do artista que desenhou sua roupa e seus sapatos. Você precisou do artista que canta sua música favorita e que marcou sua vida e, mesmo assim, sua arrogância e egocentrismo é tão grande que jamais vai agradecer a ninguem!

Só a “seu enorme esforço” e sua dor sempre será maior que a de todos!

Você é o centro do seu mundo e veio a passeio e que não tem que agradecer a ninguém. Afinal, você é a melhor  pessoa que existe, que todos devem agradecer por ter você na vida deles… Você sabe como fazer tudo… Você mantém a ordem do mundo funcionando, v jamais será capaz de quebrar uma regra idiota, porque assim não poderá continuar na sua caixa fechada e confortável, usufruindo do que os outros, seus súditos, fazem por você!

E já que você  está  pagando suas contas em dia, já que quem não paga é desvairado e descontrolado e você é o rei e a rainha do mundo, o resto das pessoas são só para servirem de trampolim na sua jornada rumo ao sucesso, e a tão sonhada aposentadoria.

Obra de Frida Kahlo – Foto: Reprodução da internet

E lógico! Sua moral não deixa você perceber que quem é capaz de fazer tudo por grana é você! No meu parco entendimento, vender seus sonhos e sua alma e jamais quebrar uma regra para melhorar o mundo é o tipo de pessoa que só se importa com dinheiro!

Sacana é aquele tipo de gente que nunca faz UM trabalho voluntário porque não tem tempo! Porque precisa estudar e trabalhar pra ganhar mais e mais dinheiro…. Aquela pessoa que não perde um minuto da vida dela sendo empática porque a dor dela é maior que a de todo mundo e, no outro dia, ela ou ele tem que trabalhar pra manter a boa imagem pra seus chefes! Esse sim, são os que importam, a grana e o status importam!

Seu mundo é tão pequeno que cabe no seu umbigo…para não falar em outro lugar bem menor e apertado! E que nunca acolhe a dor de ninguém, afinal “o que isso vai me trazer de vantagem, o que tem á ver com a minha vida”?

Quer saber? NÃO QUEBRE AS SUAS REGRAS!

Viva como achar melhor, seja amado(a) e admirado(a) por ser chamado de racional e certinho. Não se envolva nos problemas de ninguém, sua empatia só serve para que aquela  pessoa melhore logo para continuar lhe servindo, porque, como você é o centro do mundo e representa essa merda de sociedade egoísta e sacana, tem direito de ser feliz. Afinal, você faz tudo conforme as regras!

Cada um escolhe!

Só saiba uma coisa e a história está aí para provar! São os considerados os “desajustados” por essa sociedade hipócrita que mudam mentalidades, que conseguiram o direito dos animais, das mulheres, das minorias, que estão acabando com preconceitos, que lutam pela equidade, que mudam as leis ancestrais absurdas, que fizeram grandes obras que inspiram pessoas do mundo todo, que tiveram a humildade de pedir ajuda, mas tinham uma ligação tão verdadeira com o divino que nunca desistiram! Essas pessoas não precisam estar na missa todo final de semana (há menos que seu coração pedisse) para mostrar para  os outros que eles ou elas são os certinhos, pilares da comunidade! (Tem gente que é sim, mas há outros que SóPorDeus!)

São os”desequilibrados” que conseguem sentir a dor dos outros e que acolhem! Que muitas vezes fazem trabalhos bem abaixo da capacidade deles para não passar fome ou tem que implorar ajuda! São essas pessoas que aprenderam que não fazem nada sozinhas e que são instrumentos para que outras pessoas possam assumir que são diferentes e que não tem nada de errado nisso, aliás, pelo contrário! Na grande maioria, criar coragem para mudar o mundo! E trabalham…trabalham na maioria das vezes, ainda mais nesse país, sem ganhar um “Tostão”(mas isso nós, artistas, estamos batalhando para mudar, porque se não aceitaram por bem, vão ter que nos engolir e pagar pelo nosso tempo! Ttambém vamos mudar!).

Artistas!? Somos teimosos, resilientes, sobreviventes e lutamos até morrer… porque você também vai morrer…mas jamais vai ser lembrada ou lembrado por pagar suas contas direitinho, para manter a imagem de pessoa correta! Para uma sociedade errada, corrupta e sacana! Aonde pisar no outro e não ter empatia é ser “legal”!

Você vai virar pó, ser enterrado e, um dia, ninguém mais vai lembrar seu nome… porque escolheu ser pequeno, medíocre, arrogante e mal agradecido como se o mundo devesse algo pra você.

Picasso, Georgia O’Keefe, Frida Kahlo, Margareth Metade, Van Gogh, Matisse e tantos outros e outras que, em vida, precisaram da ajuda dos verdadeiros amigos e amigas e família espiritual, mudaram o mundo.

São os “desajustados” que vêem mais longe, que são sensíveis o suficiente pra “pegar no ar” as mudanças… Eles jamais foram aceitos pelos seus contemporâneos! E muito menos pelas suas famílias… Nem tampouco se consideravam gênios, apenas tiveram a coragem de serem LIVRES e pagaram preços altíssimos por isso em suas épocas! Principalmente para quem conviveu com eles, aprenderam que não vieram no mundo pra serem escravos!

Eles aprenderam e ensinaram: #somoslivres

Triste de você que se acha o centro do mundo e que acredita que se fez sozinho. E que nos chama de desajustados. Mas somos nós que vemos mais longe, sensíveis o suficiente para pegar no ar as mudanças...
Ilustração estilo de Picasso – Foto: Freepik

A arte ensina a humildade de agradecer a quem nos apoia, a quem acredita que podemos, a quem nos acolhe em nossas lutas internas, porque esse mundo é insuportável e cheio de psicopatas, que o mundo é grande demais e ficamos nós, artistas, surdos  para a mediocridade de um sistema feito para transformar seres humanos em escravos! O preço é sempre ALTO! Alto a ponto de termos nossas almas sugadas e morrermos jovens!

Aos corajosos que não tem medo de buscar a cura pra sua dor existencial, que lutam para um mundo mais digno, para os artistas todos, toda nossa tribo de “loucos, esquisitos e desajustados”, tenham todos, todas e todes o  meu amor ! Não desistam! Errados estão os outros! Assumamos nossas diferenças e nunca mais deixem que façam o roteiro da sua vida… Esse só pertence a você e ao Deus ou Deusa do seu coração !

Paz para quem merece, o resto que volte para esse mundo e passe na pele todas as dificuldades de ser “o” ou “as” “diferentonas”, quem sabe assim aprendem a ser mais humildes! E a virarem gente de verdade!

Pax vobiscum a quem merece. Os outros que vivam nos infernos que vocês mesmos criaram!

Foto principal: Basílica da Sagrada Família- Barcelona/Foto: Sagrada Família

Ângela Diana

Sou londrinense e me dedico à arte desde 1986 quando pisei pela primeira vez no atelier de Leticia Marquez. Fui co-fundadora da Oficina de Arte, em parceria com Mira Benvenuto e atuo nas áreas de pintura, escultura, desenho e orientação de artes para adolescentes e adultos. Instagram angela_dianarte

Leia todas as colunas de Arte

Fotos: Acervo pessoal

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.