Skip to content

Até quando, meu Deus?

Por Ângela Diana

Ouvi alguns comentários sobre a colunas passada (recebidos no meu e-mail)… Alguns desses comentários falam que as informações que passei são, no mínimo, equivocadas e que a Secretaria Municipal de Cultura faz sim, suas atribuições! 

Minha pergunta é: para quem?

Para quem a Secretaria trabalha?

LEIA TAMBÉM

Para uma minoria que conhece os caminhos que chegam até as verbas? 

É para isso que ela serve?

A velha história do rei e seus fiéis súditos?

Hoje, estou pra lá de indignada! Recebo vários comentários no meu e-mail, e a sensação que me dá é que moro numa cidade que nunca conheci!

E que simplesmente nenhum trabalho que fizemos aqui valeu a pena!

Que muita gente que se acha e que chegou aqui AGORA, NÃO conhece patavina do que foi essa cidade e quem quem batalhou por essa cidade!

Nenhum artista aqui são velhos gagás que reclamam sem sentido! 

E, de boa? O que impera nesse meio politiqueiro quanto a todos nós é um DESRESPEITO sem tamanho!

Por mim, como já disse na outra coluna, FECHAVA TUDO!

E quem quiser, venha falar comigo!

Afinal, tem gente aqui que não sabe da missa um terço!

Mas ganha seu dinheiro e a gente, como produtor, continua rastejando nessa porcaria de sistema que dá dinheiro para muitos e a gente fica aqui de mãos estendidas.

A politicagem de Londrina, especialmente na cultura, me cansa!

E para quem, ao menos entrou no meu e-mail e me perguntou sobre várias coisas, creio que a melhor resposta é essa: quem tapa o sol com peneira , acaba derrubando migalhinhas para os produtores. E sem esses produtores os cargos deles não existiriam… mas nós sim! Artista e suas obras não param!

Fica o compromisso: cada candidato vai ser entrevistado pela coluna e pra sabermos qual o plano cultural para Londrina… Que comecem os jogos!

Paz vobiscum

P.S – Coluna que vem, tudo sobre o novo Museu a céu aberto que está sendo inaugurado perto de Londrina!

Coluna curta de hoje! Assim como meu pavio! 

Ângela Diana

Coluna passada gerou comentários no meu  e-mail, me chamando, no mínimo, de equivocada. Mas muita gente chegou agora e não conhece nada o que foi essa cidade na cultura

Sou londrinense e me dedico à arte desde 1986 quando pisei pela primeira vez no atelier de Leticia Marquez. Fui co-fundadora da Oficina de Arte, em parceria com Mira Benvenuto e atuo nas áreas de pintura, escultura, desenho e orientação de artes para adolescentes e adultos. Instagram angela_dianarte

Leia todas as colunas de Arte

Foto principal: Acervo/SEDU

(*) O conteúdo das colunas não reflete, necessariamente, a opinião do O LONDRINENSE.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.