Skip to content

Vídeo flagra asfalto quebrando fácil nas ruas do centro de Londrina

Vídeo divulgado no Instagram mostra cidadão tirando pedaços de asfalto novo com uma chave de carro

Telma Elorza

O LONDRINENSE

Não completou nem um mês que algumas ruas do centro de Londrina foram asfaltadas, como a Araguaia, mas o asfalto aplicado parece que está se desfazendo. Vídeo publicado no story do candidato a prefeito Tiago Amaral (PSB), no Instagram, mostram duas pessoas “cutucando” o asfalto recém-aplicado com uma chave de carro e tirando pedaços. A facilidade com que eles fazem isso surpreende e assusta. Veja o vídeo:

Afinal, qual a qualidade do material que está sendo aplicado nas ruas da cidade? A Prefeitura anunciou que, só nas vias próximas à rua Araguaia foram gastos cerca de R$ 1,7 milhão e que as melhorias integram o Programa de Recape da Prefeitura de Londrina que está chegando perto da execução de 400 quilômetros de pavimentação, recape e melhorias em vias públicas de Londrina, em todas as regiões da cidade. Cerca de R$15 milhões serão investidos no total, dinheiro captado junto ao Governo do Estado.

Segundo o secretário municipal de Obras, João Verçosa, ele já havia sido informado sobre a situação e encaminhou uma equipe técnica da secretaria, juntamente com técnicos da empresa responsável pela obra, para averiguar o que estava acontecendo. E garantiu que não há problemas. “O que acontece é que, ali, naquele local, próximo ao meio fio, o asfalto tem uma certa irregularidade. É como você fosse fazer uma pintura na parede e passasse uma massa corrida para depois pintar. Lá foi feito uma reperfilagem, onde a capa asfáltica é um pouco mais fina que o recape, para regularização das imperfeições”, afirmou.

Segundo Verçosa, na hora do trabalho de recapeamento, é interditado parcialmente alguns trechos e, nesse ponto, a espessura deve ter ficado pequena. “É preciso levar em consideração que essa massa demanda um tempo para resfriar e, nesse calor de 40 graus, mesmo o asfalto normal se cutucar, você arranca um pedaço”, afirmou. Na área mostrada no vídeo, ele diz que, por ser uma área de estacionamento, logo após a aplicação, “talvez algum carro estacionou, manobrou em cima, antes da massa estar totalmente resfriada”. “Isso pode causar um descolamento de parte da massa”, afirmou.

Verçosa diz que, de todo o recape que já foi feito no município, nos últimos três anos, poucos pontos deram problemas. “Mas estamos observando cada caso e vamos fazer as correções pontuais”, garantiu. Segundo ele, um dos cuidados que a secretaria está tomando é tentar ajudar a acelerar o resfriamento das camadas asfálticas recém-aplicadas, com aplicação de água após o trabalho. “Estamos fazendo isso na Avenida Arthur Thomas”, aponta.

Empresa faz o resfriamento da massa asfáltica para liberação da pista. Foto: Secretaria Municipal de Obras

Foto: Print do vídeo

Compartilhar:

1 comentário

  1. Em ano eleitoral mais importa fazer mais do que fazer bem.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.