Skip to content

Saúde descarta mortes mas casos de dengue continuam aumentando

Pacientes morreram de outras causas não divulgadas, segundo laudo. Há cerca de 3,8 mil exames de suspeitas de dengue sendo analisadas

O LONDRINENSE com assessoria

Os dois casos de morte com suspeitas por dengue foram descartados nesta quinta-feira (6), pela Secretaria Municipal de Saúde. Os laudos técnicos, elaborados por um comitê que se reuniu para analisar as mortes de uma mulher, de 29 anos, e um homem, de 60 anos, constatou que ambos tiveram outras complicações apontadas como causa embora apresentassem sintomas da doença. A secretaria, no entanto, não informou quais seriam as causas.

O número de casos da dengue em 2020 na cidade foi atualizado saltando de 228 para 391 confirmados, um aumento de 163 em uma semana. O índice já era esperado porque outros 3.736 exames ainda estão sendo analisados. Outros 291 casos foram descartados. Todas as regiões londrinenses apresentam pacientes com confirmações de dengue, sendo que a leste lidera com 133. Em seguida aprecem norte, com 116; centro, com 81; oeste, com 30; sul, com 25; e rural, com seis.

Ações programadas
Após um mutirão de limpeza no conjunto Novo Amparo, na zona norte, agora os agentes de endemias e outros órgão vão para a região do jardim Santa Joana, na zona sul. A secretaria já informou que em todos os sábados vai realizar atividades neste sentido no município.

Os atendimentos aos pacientes que estão com sintomas de dengue estão sendo agilizados na cidade. O Hospital Zona Norte já preparou uma ala específica para estas pessoas e está deixando soros gelados nos ambientes, com o intuito de estimular a hidratação. No próximo sábado (8), a Unidade Básica de Saúde (UBS) da Vila Casoni ficará aberta das 7h às 19h, especificamente para suspeitos de casos de dengue.

Foto: Divulgação

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.