Skip to content

Londrina ganha primeria Yellow Deli do Brasil

Doze Tribos inaugura nova lanchonete na Estrada do Limoeiro, com estrutura maior e novidades no cardápio

Telma Elorza

Equipe O LONDRINENSE

Eles estão em Londrina desde 1992, quando abriram o primeiro restaurante na cidade, o Segunda Eva, ali, na Rua Senador Souza Naves. A comunidade de Naftaly tinha vindo de Fortaleza (CE) para o Paraná, em busca de uma área para se instalar. Ficaram alguns anos ali, mantendo o restaurante e vendendo produtos como pães e geleias nas feiras. De lá para cá, muita água passou. Eles foram para Curitiba, voltaram, compraram um sítio na Estrada do Limoeiro, se instalaram, montaram um quiosque, depois um ranchinho rústico e charmoso – chamado Chão Comum – e, agora, no mesmo lugar, inauguram a primeira Yellow Deli do Brasil.

Obras de arte produzidas pelos membros da comunidade

A Yelolow Deli é uma rede de lanchonete que vende sanduíches, refeições rápidas e sucos, pertencente as Doze Tribos e criada nos Estados Unidos. Da Chão Comum para Yellow Deli, teve todo um trabalho de reconstrução do espaço – que agora é feito de tijolos, com corrimões de ferro e obras de arte nas paredes. Tudo feito no mesmo no cantinho do sítio Vale dos Altos, onde vivem 90 pessoas que trabalham e colaboram para o bem comum e que fizeram todo o trabalho – das fundações aos quadros nas paredes – com ajuda de outros membros das Doze Tribos do Brasil, Argentina, Espanha e Estados Unidos. Levaram um ano para deixar tudo pronto.

Embora mais sofisticada que o antigo ranchinho do Chão Comum, a nova lanchonete continua encantando com os detalhes e a beleza natural das madeiras que são aproveitadas nas mesas e cadeiras, em três ambientes bem distintos. Mas a grande novidade e atração ainda é a comida. O cardápio da Yellow Deli é padronizado em todas as lanchonetes do mundo – agora tem duas na América Latina. “Nós demoramos um pouco para inaugura porque faltava o treinamento para fazer alguns lanches”, conta Benyah Manoach, 59 anos, há 17 na comunidade.

Um rústico mais sofisticado que o antigo ranchinho

Mas, mesmo padronizado, não há nada de “industrializado” no cardápio. Todos os pães, carnes e queijos são feitas ali, no sítio. Há dois novos sanduíches – o Yellow Submarino – pasta de cream cheese com tomate seco, brotos mix de saladas, cebola, azeitonas recheadas, tomate fresco e pimentão, servido frio no pão subi roll (R$25) – e Deli Lamb – um sanduíche de carneiro, tomate, cebola, pepino, maionese no pão egg roll (R$25). Mas qualquer pessoa pode montar seu sanduíche, escolhendo o tipo de pão, as carnes e queijos. Ou até vegetariano.

Agora há também opção de café da manhã (servido o dia todo) pratos de saladas, sopas e chili. Aliás, este último, uma delícia. Uma porção individual sai por R$12 e alimenta bem, principalmente porque vem acompanhado com uma deliciosa tortilha de milho. Não deixe de provar o caldo de cana com limão (R$4), feito ali. Nada parecido com o caldo de cana enjoativo das garapeiras de beira do Igapó. Esse tem um sabor mais suave e refrescante. Há também todo uma nova lista de doces e sobremesas. Mas dessa vez eu deixei passar.

A Yellow Deli funciona de segunda a sexta, das 7 às 21 horas e nos domingos, das 8 às 21 horas, fechados aos sábados. Fica na Estrada Major Achilles Pimpão (Estrada do Limoeiro), 5000. O telefone é (43) 3337-4562.

Fotos: Raquel Santana

Compartilhar:

2 Comentários

  1. Amei estar com vcs
    Que Lugar Divino!
    Tufo feito com muito
    Amor e Carinho!
    Alimentos que alimentam o Espírito
    Gratidão por ter momentos abençoados
    E com muita Alegria na Yellow Delli

  2. Boa noite
    Há muitos anos procuro encontrar uma.pastel.assado com.recheio de proteina que comia na UEL, vendido por um grupo que fazia também.um.delicioso bolo com.passas e grãos. Estudei na última entre 1995 e 1999. Desde lá nunca mais consegui encontrar aquele pastel. Esse restaurante é deste pessoal? Fazem esse pastel?

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.