Empresas com mais de 100 empregados têm até o dia 29 de fevereiro para publicar o relatório salarial de homens e mulheres que exercem o mesmo cargo. A entrevista com a advogada especialista em Direito do Trabalho e colunista do O Londrinense, Angelita Salvador, aponta as sanções previstas para quem não o fizer.Leia mais

Compartilhar: