Câmara aprova, em primeira discussão, projeto que proíbe a utilização de linguagem neutra em instituições de ensino

PL prevê que a violação ao disposto em instituições públicas acarretará sanções

O LONDRINENSE com Assessoria

Proposto pela vereadora Jessicão (PP), o projeto de lei (PL nº 1/2021) pretende proibir instituições de ensino e bancas examinadoras de seleções e concursos públicos para acesso a cargos públicos no Município de Londrina de usarem linguagem neutra, isto é, novas formas de flexão de gênero e de número das palavras da Língua Portuguesa, em contrariedade às regras gramaticais consolidadas. O PL prevê que a violação ao disposto em instituições públicas acarretará sanções não especificadas aos servidores públicos e, em instituições privadas, advertência e suspensão do alvará de funcionamento do estabelecimento.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.