Skip to content

Ministro Ricardo Salles e presidente do Ibama são alvo de investigação da PF

Operação investiga exportação ilegal de madeira. STF determinou quebra de sigilos bancários e fiscal de Salles e afastamento de Eduardo Bim do Ibama

Das agências

O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, e o presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), Eduardo Bim, são alvos de uma operação da Polícia Federal, nesta quarta-feira (19), que investiga a exportação ilegal de madeira para Estados Unidos e Europa. Cerca de 160 policiais federais estão cumprindo 35 mandados no Distrito Federal, no Pará e em São Paulo, incluindo endereços residenciais e imóveis funcionais.

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Alexandre de Moraes autorizou a operação e determinou a quebra dos sigilos bancário e fiscal de Salles, o afastamento preventivo de Bim do comando do Ibama e o de outros nove agentes públicos que ocupavam cargos e funções de confiança nos órgãos. Além disso, determinou a suspensão imediata do despacho que permite a exportação de produtos florestais sem a necessidade de emissão de autorizações de exportação.

A operação teve início em com base em informações envidas por autoridades estrangeiras sobre possíveis desvios de conduta de servidores públicos durante processos de exportação de madeira.

Foto: Arquivo/Agência Brasil

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Designed using Magazine Hoot. Powered by WordPress.