UEL vai monitorar novo coronavírus em Arapongas

Parceria com a Secretaria Municipal de Saúde daquela cidade tem duração de seis meses

Agência UEL

O Núcleo de Gestão Pública (NIGEP) da Universidade Estadual de Londrina (UEL) vai fazer um trabalho de análise de dados para o monitoramento do Coronavírus no município de Arapongas, na região Norte do Paraná. O trabalho é fruto de parceria oficializada essa semana entre a Prefeitura de Arapongas, através da Secretaria Municipal de Saúde, com a UEL. A parceria foi estabelecida para os próximos seis meses e pode ser renovada de acordo com a necessidade.

Segundo informações divulgadas pela própria prefeitura de Arapongas, a iniciativa prevê coleta de informações e análises dos dados da COVID-19, em toda a extensão do município. De acordo com o secretário da Saúde, Moacir Paludetto Jr, os pesquisadores da UEL serão responsáveis pelo acompanhamento dos casos confirmados, análise dos dados, realização de projeções sobre contaminação e o mapeamento da incidência da doença nas diversas regiões.

“São informações essenciais para Arapongas. Já possuímos uma infraestrutura, insumos e profissionais capacitados para enfrentar a pandemia. A presença da Universidade Estadual de Londrina, trabalhando em conjunto na realização do monitoramento da evolução de casos e da disponibilidade de leitos hospitalares, nos dará parâmetros acadêmicos para a garantia do atendimento da saúde municipal e subsídios para a tomada de decisões baseadas em projeções estatísticas”, afirmou o secretário.

Parceria – De acordo com o termo de parceria, os pesquisadores do Nigep deverão elaborar um relatório semanal com a taxa de transmissão da doença. O documento deverá trazer também informações mapeadas com as regiões do município afetadas pela COVID-19. Segundo o professor Saulo Amâncio, da coordenação do Nigep, a parceria com o município de Arapongas segue o modelo semelhante estabelecido com a Prefeitura de Londrina, com a diferença de focar informações sobre a pandemia do novo Coronavírus. A parceria foi feita via Fundação de Apoio à UEL (FAUEL). A prefeitura de Arapongas deverá custear bolsas dos alunos de graduação envolvidos no projeto.

A coordenadora geral do Nigep é a professora Vera Lucia Tieko Suguihiro, do Departamento de Serviço Social, do Centro de Estudos Sociais Aplicados (CESA). A coordenação técnica está a cargo da professora Mariana Ragassi Urbano (do Programa Associado UEL/UEM em Arquitetura e Urbanismo, lotada no Departamento de Estatística do Centro de Ciências Exatas (CCE). Integram a equipe a professora Milena Kanashiro, André Silva Olak e Aline Midori. Também compõem o grupo os estudantes de Iniciação Científica Lauren Santos Moreira, Mariana Casanova Callegari e Rafael Barbosa Pauleti.

Foto: Pixabay

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *