UEL prevê retorno ao trabalho presencial de servidores imunizados

A partir de quarta-feira (4), professores e agentes universitários imunizados deverão voltar às atividades presenciais. Aulas ainda continuam remotas

Agência UEL

Ato Executivo (Nº 082/2021) assinado pelo reitor Sérgio Carvalho na sexta-feira (30) suspende as atividades de teletrabalho, convocando servidores (professores e agentes universitários) com imunização completa contra a Covid-19 para o trabalho presencial a partir da próxima quarta-feira (4).

De acordo com o documento, devem retomar às atividades normais os servidores com esquema vacinal completo (duas doses ou imunizante em dose única) há pelo menos 30 dias. O texto também prevê medidas de prevenção, como distanciamento e flexibilização de horário e o rígido cumprimento do Plano de Contingenciamento – Normas, Protocolos e Orientações de Segurança Sanitária para o Enfrentamento da COVID-19 na UEL.

O novo ato prorroga a suspensão das atividades administrativas presenciais para servidores com esquema vacinal incompleto, adotando a modalidade de Teletrabalho, até 30 de setembro, mantidas as atividades administrativas vinculadas às áreas da saúde e demais consideradas essenciais. O documento também prevê o retorno do trabalho administrativo presencial para servidores imunizados com a primeira dose, em regime parcial, após autorização da chefia imediata, respeitando o que preconiza o Plano de Contingenciamento.  

Casos de afastamento por motivos de doença ou em pessoas da família, deverão seguir critérios e procedimentos específicos para tratamento de saúde, de acordo com Lei Estadual 6.174/70.

Reuniões – De acordo com o documento, reuniões de Departamentos, Colegiados, Conselhos de Centro, setores e órgãos superiores deverão ser desenvolvidas ainda de forma remota. Ficam autorizadas atividades docentes em laboratórios, salas de permanência, entre outras, em que seja possível o pleno atendimento dos protocolos de segurança e com ciência e aprovação dos respectivos Centros de Estudos.

Gestantes – Mulheres grávidas, ainda que imunizadas, deverão realizar as atividades em regime de teletrabalho. Da mesma forma, servidoras lactantes com crianças com até seis meses, ainda que imunizadas, poderão realizar as atividades em regime de teletrabalho.

Veja a íntegra do Ato Executivo nº Nº 082/2021.  

Volta às aulas – Cerca de 13 mil estudantes dos 54 cursos de graduação da UEL retomam às aulas a partir de hoje (2), ainda em formato remoto emergencial, dando início ao ano letivo 2021 da UEL, obedecendo Resolução aprovada pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE), que orienta as atividades acadêmicas. Os mais de 3 mil ingressantes, aprovados no último Vestibular da Instituição, também serão recepcionados pelos Colegiados de cursos de graduação com atividades específicas.

O ano letivo 2021 prossegue até 15 de dezembro de 2021. O segundo semestre será de 24 de janeiro de 2022 a 23 de junho do próximo ano. Segundo a Pró-reitora de Graduação, professora Marta Favaro, neste primeiro semestre estão planejadas ações remotas, com algumas exceções para atividades presenciais, caso de cursos da área de saúde, que demandam aulas práticas ou internatos. Nestes casos, as atividades são reguladas por Resolução da Sesa (Secretaria Estadual de Saúde) do Paraná, com o devido cumprimento de protocolos sanitários.

Compartilhar:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.