TODA BONITA: Low poo e no poo, técnicas que vem ganhando a cabeça da mulherada. Você sabe o que é?

Essa foi sugestão de pauta de uma cliente e amiga que me instigou a estudar mais sobre esse tema e trazer para vocês o que são as novas técnicas de lavagem capilar. Basicamente significam “pouco shampoo” e “sem shampoo”, respectivamente. Ou seja, o shampoo é deixado de lado e entram em cena apenas os condicionadores e máscaras de hidratação.

As técnicas garantem um cabelo brilhoso, sedoso e sem tantas toxinas prejudiciais que alguns shampoo contém embutidos nas letrinhas miúdas da sua composição, como sulfatos de sódio e petrolatos. Eles que garantem a limpeza dos fios mas são absorvidos e dão efeito indesejado já que ressecam, abrem as escamas e prejudicam a longo prazo pois o cabelo não consegue reter a hidratação.

O objetivo dessa técnica é basicamente limpar/higienizar o cabelo da maneira mais suave o possível, sem fazer uso de agentes químicos que removam toda oleosidade natural do cabelo e ressequem a fibra capilar.

A protagonista da técnica foi Lorraine Massey, cabeleireira e cofundadora da marca Deva Curl e que, hoje, é utilizada no mundo inteiro. Ela descobriu a técnica após reparar que, ao invés de trazer benefícios aos cabelos de suas clientes, estava criando apenas uma maquiagem nos fios. Isso porque os sulfatos, petrolatos e silicones agem criando uma película de brilho, deixando-os bonitos e brilhosos por algum tempo, até que você lave os cabelos novamente. E isso é viciante né? Mas ninguém avisa que, a longo prazo, os fios acabam tornando-se opacos e “emborrachados” já que precisa de shampoo com sulfato forte para sua remoção!

Iniciar esse processo de “desintoxicação” é fácil: utilize um shampoo anti-resíduos pela última vez, já que o mesmo contém sulfato pesado. Mas, precisamos dele para remover os petrolatos, silicones e afins que estavam maquiando o cabelo. Depois, aplique uma máscara de hidratação e finalize com o condicionador indicado para seu tipo de cabelo. MAS NÃO SE ESQUEÇA: observar na embalagem se o mesmo possui as descrições “no poo” ou “low poo”!

Fique atenta: caso haja aparecimento de algumas doenças relacionadas ao couro cabeludo, como alertam alguns médicos especialistas. Nos cuidados com os fios, as técnicas podem favorecer o aparecimento de algumas doenças, como a caspa ou dermatite seborreica. Além disso, as supostas falhas na higienização fios pode favorecer a proliferação de fungos, o que, por consequência, pode ocasionar a tínea, uma doença que provoca coceira e fratura nos fios, formando pequenos buracos no couro cabeludo. Então antes de ser radical, pesquise e até consulte um especialista. Pesquisar bastante é a indicação e também ficar sempre alerta a saúde dos fios e couro cabeludo para notar qualquer alteração no aspecto e na saúde dos fios. Afinal o que pode fazer bem para sua amiga ou parente pode não se adaptar a você.

Foto: Pixabay

Rebecca Mendes 


Graduada em Direito, encontrei na faculdade de Estética e Cosmética a minha paixão: melhorar a auto-estima das mulheres. Com especializações vários ramos da cosmetologia, atuo na área com espaço próprio, que alia ateliê de beleza com cursos ministrados e loja de cosméticos.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *