Tia Telma Responde – Tenho tara por mulheres mais velhas

“Tenho 28 anos mas só consigo me relacionar com mulheres bem mais velhas que eu. Gosto principalmente das cinquentonas. Acho elas com mais conteúdo de vida e a experiência que trazem na hora do sexo é maravilhosa. Não consigo nem conversar com mulheres da minha idade ou menos, por mais atraentes que sejam. Meus amigos me zoam mas não consigo mudar. O que faço?”

Opa, opa, opa! Primeiro de tudo, me passe seu telefone….brincadeirinha. Recebi essa mensagem por email de um anônimo. O rapaz está realmente preocupado. E se não consegue sequer conversar com garotas mais “adequadas” (tudo é relativo), talvez seja o caso de realmente se preocupar.

A psicanálise acredita que essa atração é o famoso “Complexo de Édipo” enrustido, aquele em que o filho quer matar o pai e transar com a mãe. Tem até um nome horrível (na minha modesta opinião) para isso: gerontofilia, uma parafilia na qual a pessoa – homem ou mulher – só sente atração por idosos ou pessoas bem mais velhas.

Na psicanálise, a origem da paixão por mais velhos estaria na falta de atenção que recebeu na infância de um dos pais, resumindo toscamente. O homem busca a figura materna e a garota, a paterna. Para resolver isso e tentar encontrar respostas e, se possível, se libertar desse quadro, talvez seja o caso de buscar ajuda de especialistas.

Agora, cá entre nós, o número de rapazes que buscam cinquentonas para relacionamentos está aumentando. Vejo isso no meu Tinder (sério, hahaha). De cada dez likes ou superlikes que recebo, nove são de rapazes com menos 35 anos. O único restante é, geralmente, de alguém já bem entrado nos 60 anos que me vê como “novinha”, hahaha.

Como uma coroa que se relaciona com rapazes mais novos (tive um namorado mais novo que meu filho e outro, apenas um ano mais velho que ele), eu posso afirmar que os caras buscam, além de mais experiência de ordem sexual, menos neuras nas relações. Segundo um deles, eu não dava ‘piti’ quando ele não me ligava num dia, nem fazia exigências absurdas no relacionamento, tipo controlar cada minuto do tempo com medo de traição.

A vivência de casamentos, filhos, divórcio, trabalho, etc, faz com que a maioria das cinquentonas esteja numa fase muito bem resolvida emocionalmente e isso, segundo os caras que namorei, é extremamente atrativo. Sim, eu sempre pergunto porque gosta de velhinhas, hahaha. Além do quê, boa parte das mulheres com mais de 50 anos estão hoje muito bem, fisicamente. Se cuidam, se mimam. Pele boa, cabelos bons, corpos em dia (menos eu, hahahaha).

Lógico que, na sociedade tradicionalíssima, uma garota que se relaciona com um homem bem mais velho não chama tanta a atenção quanto um rapaz com uma coroa. O preconceito diz que ele está interessado em dinheiro, que ela o sustenta ou algo assim. Ou que é um Édipo.

É claro que existe o “sugar baby”, aquele que – independente de gênero – busca relacionamento com pessoas mais velhas por presentes e dinheiro. Enfim, ser sustentado por um período enquanto se “ajeita” na vida, é o que a maioria diz. Até no Tinder tem cara se oferecendo para ser “sugar baby”. Mas, como uma cinquentona pobre, nunca enfrentei o tipo.

Enfim, se você gosta de pessoas mais velhas, seja homem ou mulher, e é feliz assim, por que mudar? A menos que esteja infeliz, não queira assumir sua predileção ou não suporte as zombarias dos amigos. Aí, acho que precisa buscar ajuda mesmo.

Mande suas perguntas para Tia Telma Responde pelo email telma@olondrinense.com.br

Foto: Pixabay

Telma Elorza

Jornalista profissional, palpiteira e galhofeira. Adora dar pitaco na vida dos outros enquanto vai levando a sua na flauta.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *