Tia Telma Responde – Meu namorado tem ejaculação precoce e estou ficando sem paciência

“Namoro o mesmo cara desde que tínhamos 17 anos. Já são três anos juntos. Perdemos nossa virgindade juntos. Mas, desde o começo da nossa vida sexual, aos 18, ele goza rápido demais, me deixando insatisfeita quase todas as vezes. Eu o amo, temos um ótimo relacionamento fora da cama, mas ele não quer se tratar. Como resolver isso? Não suporto mais ficar sem gozar, tendo que me masturbar para me satisfazer.”

Cara leitora, se seu namorado não a satisfaz, dê um pé na bunda dele e arrume outro. Problema resolvido.

Brinquei, mas o assunto é tão sério que nem sei por onde começar. Então, vamos por partes.

A ejaculação precoce é sempre um problema nos relacionamentos. E é bem comum. Nos rapazes mais novos, ansiedade, inexperiência e alto grau de excitação sexual podem levar a ela. Normalmente, isso passa com o tempo e experiência. No entanto, no caso da leitora, depois de dois anos de relações sexuais constantes, o problema já deveria ter superado.

Então, o melhor a fazer é convencê-lo a buscar ajuda de especialistas, médicos e psicólogos que vão analisar a possíveis causas, que tanto podem ser físicas como mentais. Doenças, ansiedade, disfunção erétil, problemas no relacionamento, uso de medicamentos como psicotrópicos podem ser algumas delas. Só com uma investigação completa é possível determinar o tratamento.

Agora, o que me chocou MESMO foi o fato do cara não estar nem aí para o prazer da parceira. Como assim, queima a largada, vira de lado e dorme? E você que se foda, literalmente, para gozar? É a maior história de egoísmo masculino de já ouvi falar. Pelo menos, pela minha experiência, a maioria dos caras fode-mal até tenta dar algum prazer à companheira. Já tive relações com alguns caras com ejaculação precoce, mas, em todos os casos, eles davam um tempinho para se recuperar e partiam para a segunda rodada. E se esforçavam muito para que eu não ficasse na mão. Nunca vi nada tão absurdo como essa situação. Tô passada.

Filha, acorda para vida! Se o cara não quer saber do seu prazer, não perca mais tempo. Ele não lhe valoriza, não a respeita e, nem ao menos, gosta de você. Não sei porque estão juntos ainda. Saia dessa, parta para outra. Porque, na minha opinião, ele a vê apenas como um objeto para satisfazer suas próprias necessidades sexuais. Um repositório de esperma, por assim dizer, não importando quão bem vocês se dão fora da cama. O próximo passo vai ser começar a culpá-la por tudo. Daí para a violência doméstica -seja ela psicológica ou física – é um pulo. Analise: será que compensa ficar com uma pessoa assim? Vá ser feliz com alguém que a valorize.

Mande suas sugestões ou dúvidas para o email telma@olondrinense.com.br

Telma Elorza

Jornalista profissional, palpiteira e galhofeira. Adora dar pitaco na vida dos outros enquanto vai levando a sua na flauta.

Foto: Andrea Piacquadio no Pexels

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *