Saúde LGBTI+ é tema de encontro na UEL

Universidade sedia mesa de conversa para debater processos sociais discriminatórios na saúde desse público

Agência UEL

Ocorre nesta quarta-feira (11), às 19 horas, o 3º encontro “Diálogos sobre Políticas e Cultura LGBTI+”, no Anfiteatro Maior do Centro de Letras e Ciências Humanas (CCH). Com a temática “Nossos corpos como instrumentos de luta”, a mesa de conversa será mediada pela professora Marselle Carvalho, chefe do Departamento de Saúde Coletiva, do Centro de Ciências da Saúde (CCS).

O evento tem como objetivo debater os processos sociais discriminatórios que fazem com que cuidados específicos relativos à prevenção e manutenção da saúde física, emocional e psíquica de determinados grupos não sejam conhecidos e respeitados. A promoção é do coletivo Movimento Construção, com o apoio da UEL.

Além da mediação de Marselle Carvalho, participam da discussão Renato Nunes Ferro, parte da liderança do Coletivo de Homens Transexuais de Londrina Resiliência T e coordenador da pasta LGBT do comitê de Diversidade da COPEL; Fernando Veiga, psicólogo e pesquisador de temáticas LGBTQI, e Renata Borges, organizadora das edições de 2019 da Marcha da Visibilidade Trans de Curitiba e da Parada LGBT de Apucarana.

É possível receber certificado de participação no evento. Para isso, interessados devem se inscrever pelo site do Movimento Construção.

Mais informações na página do coletivo.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *