Para mães de primeira viagem

Vou lhe contar quais eram minhas preocupações antes de ser mãe: trocar fralda, dar banho e amamentar. Tirando amamentar que sim, pode ser bem traumático para a mãe e demandar ajuda externa, vou lhe contar o que eu realmente deveria ter me preocupado antes de ter os meninos (Muito útil para quem está de licença maternidade e fica parte do dia sozinha com a criança. É piada, mas é sério, haha).

Como prender o bebê-conforto no carro usando apenas um braço enquanto segura o bebê com o outro, é uma delas. Devia ter um curso sobre isso, porque olha, aquilo pode ser comparado a um instrumento de tortura materno. Prender aquilo corretamente no cinto é uma coisa que precisa ser treinado! Aliás, acostumar a fazer coisas com uma mão só no geral… vai treinando!

Como tirar manchas de vômito de leite materno da sua blusa branca favorita é outra. Leite materno é amarelo e gorduroso. Quando um bebê golfa leite materno em você, minha querida, não há Vanish o suficiente para limpar aquela mancha que mais parece ter sido feita com tinta de tecido permanente. Aprender a tirar essa macha… dê um jeito de aprender isso! Ou adote um novo estilo de blusas manchadas porque também você não é obrigada a nada! Mães de bebês até três meses estão cansadas demais para prestar atenção na própria roupa!

Como não deixar o banheiro fedido com as 11 fraldas diárias que estão socadas no lixo porque você nem tem tempo nem para comer direito. quanto mais levar o lixo para a rua. Sacos plásticos e lixos que fecham muito bem, arrume essas coisas antes de ter filhos!

Pegar coisas do chão usando o pé. Quando você acabou de chegar em casa depois do parto, seja cesárea ou normal, vai ser um pouco difícil abaixar até o chão para pegar a pomada/lenço/cueiro/almofada que caiu. Ainda na gravidez, comece a pegar coisas do chão com o pé, mexendo o mínimo possível a parte de cima do corpo. Vai ser muito útil quando você tiver o bebê quase dormindo no colo e precisar pegar algo sem fazer movimentos bruscos. 

Aprenda o vocabulário: cueiro, mijão, body, saída.  Você sabe os nomes das peças que pedem para levar na mala que vai para a maternidade? Vai pesquisar! Nenhuma pessoa que ainda não teve filhos sabe o que é um cueiro! 

Treinar sua visão noturna. Querida, se você acabou de colocar o bebê no berço de madrugada, a luz estiver apagada e ele for do tipo que acorda com o som de um alfinete caindo, treine andar pela casa sem esbarrar em nada, para conseguir chegar na sua cama e dormir por algumas horinhas antes da próxima mamada.

Dar banho e trocar a fralda você aprende na maternidade e acredite: é o menor dos problemas! 

Foto:  Sellers Patton on Visual Hunt

Paula Barbosa Ocanha 


Jornalista, casada, trinta e poucos anos, dois filhos e apaixonada por educação infantil. Mesmo antes de casar, eu lia e me interessava por técnicas de educação, livros de pedagogia e questões sobre o desenvolvimento humano, principalmente na primeira infância. Com essa coluna, gostaria de relatar minhas experiências pessoais. E assim espero lhe ajudar, de alguma forma, a passar mais facilmente por essa linda (e assustadora) jornada da maternidade! Vem comigo e me siga também no Instagram @mamaepata

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *