Mundo Seguro – Como fica seu seguro em casos de pandemia como Covid-19?

Estamos entrando em um período de resguardo e a ordem é não sair de casa para não contrair ou espalhar o vírus, informação sobre este assunto não faltam.

Mas e o seguro? Nesses momentos como ficam as coberturas?

A maioria da população desconhece este assunto, especialistas estão se desdobrando para obterem respostas, fato é que a grande maioria das apólices de seguros mencionam, nas cláusulas de exclusão de coberturas, a situações de pandemia, termo usado para descrever situações de doença gravíssimas por serem altamente infecciosa com força para ameaçar e se multiplicar rapidamente pelo mundo.

Quando há uma pandemia quer dizer que só esforços de contenção para conter a contaminação além das fronteiras já não bastam e que a situação pode sair de controle.

Por trata-se de uma situação imensurável a níveis internacionais e que pode sair de controle, é o motivo de existir esta cláusulas. Elas quais podem ser analisadas pelas seguradoras e ficam a critério das mesmas indenizar os casos que surgirem durante a pandemia, obviamente levando em consideração as leis de cada país.

É o caso do seguro de vida, seguro viagem, Saúde e Eventos. No geral, a maioria das apólices de seguros possuem cláusula que isenta o pagamento em caso de pandemia. Esta situação é impossível de ter uma mensuração de sinistralidade, então como cobrar por isso já que o valor do seguro é constituído a partir de dados de frequências por exemplo. Fica impossível colocar valores para uma cobertura de pandemia, por isso o argumento técnico nestes casos é que subentende-se que não foi cobrado no seguro esta garantia por ser exclusiva.

Mas não é motivo para pânico. Muitas seguradoras no Brasil já se pronunciaram sobre analisarem os casos e manterem as indenizações e atendimentos, principalmente nos seguros de vida e, algumas, sobre o seguro viagem.

As seguradoras estão monitorando os casos que estão surgindo e com certeza a grande maioria dará respaldo a seus segurados, embora neste caso a indenização seja uma espécie de “ato de solidariedade”. A Fenacor, entidade representativa dos corretores de seguros no Brasil já está solicitando o posicionamento das seguradoras neste momento.

Situações inusitadas como Covid-19 levam as pessoas a pensarem e reverem muitos valores pessoais e, neste momento, corporativos. Empresas tomaram decisões sem tempo de preparação de manter o trabalho home office, mas há riscos de ataques cibernéticos a seus servidores devido a maior exposição de sua rede, prato cheio para os hackers. Empresas também estão vulneráveis e desassistidas nesses dias de paralisação.

O assunto é complexo, teremos um período de questionamentos em vários setores da economia, e com certeza as seguradoras serão afetadas. Haverá acionamentos em vários casos no Brasil e no mundo, seja no seguro do eventos cancelados como os campeonatos, shows, até mesmo com risco de cancelamento das olimpíadas, no seguro de vida, ou em outros segmentos.

Mas há no Brasil fatores e análises a serem feitas conforme nossa legislação, principalmente ao que se enquadrar dentro do direito do consumidor. Terão que ser feitas análise de contratos, avaliação do bem a ser indenizado e ainda teremos muitos capítulos dessa novela.

Sobretudo, vamos nos cuidar porque não há reposição para vida. Informações não faltam para isso, e com certeza sairemos dessa pandemia mais fortes como sociedade e como nação! Afinal o mundo parou, continuamos aqui, mas pela mesma causa, sem distinção de raça, gênero, classe social ou religião. Somos milhões juntos contra o Covid-19.

Foto: Pixabay

Heber Bieniek

Formado em Administração de Empresas, experiência profissional de mais de cinco anos no mercado europeu. Profissional de seguros a mais de 12 anos atuando com gestão de seguros massificados e corporativos na área comercial nas Cias, Bradesco Seguros, Yasuda/Marítima seguros (hoje Sompo Seguros ) e Generali Brasil Seguros. Atualmente consultor no segmento securitário na Open Line Brasil Seguros e Consórcios. Siga-nos nas redes sociais facebook.com/openlineseguros  e instagram.com/openlinebrasilseguros, mande sua sugestão de matéria também pelo (whatsapp bussines)  (43) 3321-0015.

Foto: Pixabay



Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *