Gordinho saudável – verdade ou mito?

Não é incomum nos depararmos com uma pessoa acima do peso que quando avaliada tem todos os exames (pressão, glicemia, colesterol) normais. E daí surge uma série de dúvidas: é possível ser um gordinho saudável? Qual o real impacto do peso em nossa saúde?

O excesso de peso sabidamente se associa a um risco aumentado de doenças cardiovasculares como infarto, acidente vascular cerebral (AVC), e morte.  Já são mais de 200 doenças conhecidas que se relacionam a obesidade, inclusive o câncer. Entretanto, por muitos anos se questionou se essa associação seria válida somente para aqueles com exames alterados, ou se os gordinhos com exames normais também estariam sob o risco.

Alguns estudos científicos se propuseram a avaliar esta questão. Foram estudos grandes, com milhares de pessoas analisadas por um tempo de até 12 anos e os resultados são alarmantes! As pessoas obesas, mesmo que com exames completamente normais, tem maior mortalidade e risco de eventos adversos (como infarto, AVC, insuficiência cardíaca).

O risco de morte foi 24% maior quando comparado com pessoas com peso normal. Além disso no estudo de maior duração, quase metade dos pacientes passaram a apresentar alguma alteração ao longo do acompanhamento, deixando de ser “saudáveis”.

A obesidade é uma doença crônica, progressiva, que traz prejuízos não só a saúde física mas também a saúde mental; estamos falando de maior prevalência de dores articulares, incontinência urinária,  disfunção sexual, depressão, isolamento social entre outros. As alterações em exames não acontecem do dia para a noite, variando o tempo de início de pessoa para pessoa, assim um resultado normal pode ser apenas algo transitório.

Exames bons isoladamente não são sinônimo de saúde, ser saudável requer também bem-estar físico e mental. Logo, meus caros, não se trata de gordofobia e sim, de saúde.

Foto: Pixabay

Flávia Sartorelli de Souza

Endocrinologista

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *