Galinhada Goiana, sabor para refeição em família

No feriadão, a gente aproveita pra reunir a família. No caso, minha irmã veio nos visitar e ela não come carne vermelha. Optei então por fazer uma galinhada. Adoro prato único! Aquela panelona no meio da mesa onde todo mundo se serve me parece muito confortante. Procurando uma receita achei essa com pequi que, pra quem não conhece, é um fruto do cerrado brasileiro muito apreciado em Goiás, apesar de ser encontrado inclusive no Paraná. Tem polpa macia que deve ser roída, nunca mordida, pois apresenta espinhos na parte interna. Neste caso, usei a polpa, que pode ser encontrada no Mercado da Prochet ou no Mercado Shangri-la.

Ingredientes

– 1 frango inteiro cortado a passarinho;

– 250g de arroz agulhinha;

– 150g de cebola cortada em cubinhos;

– 15 g de alho picado bem fininho;

– 20 g de polpa de pequi;

– 150 g de quiabo;

– 100 g de tomate cortado e sem semente;

– 100 g de pimentão vermelho cortado e sem semente;

– 30 ml de vinagre;

– Óleo vegetal (quanto baste);

– Salsinha a gosto;

– Cebolinha a gosto;

– Louro a gosto;

– Cúrcuma (açafrão da terra) a gosto;

– Sal a gosto;

– Pimenta do reino a gosto.

Preparo:

Corte o quiabo em rodelas e deixe de molho em 1 litro de água e 30 ml de vinagre por aproximadamente 20 minutos. Escorra.

Em uma panela grande, refogue o frango no óleo até dourar. Eu costumo fazer isso em etapas, divido os pedaços e vou dourando aos poucos e reservando, depois volto tudo pra panela. Acrescente o louro e o quiabo e refogue, em seguida, a cebola, o pimentão, o tomate, o alho e o pequi. Refogar até dourar e então adicionar o arroz, a cúrcuma e temperar com sal e pimenta. Agora é só colocar água até 1 dedo acima do arroz, tampar e deixar cozinhar em fogo baixo até a água secar. Deixar descansar um pouco e finalizar com a cebolinha! Tenha na mesa limão e um molho de pimenta. Fica uma delícia!

Foto: Acervo pessoal

Agda Souto Bressan 


Sou graduada em História pela UEL, casada com Oscar e mãe do Davi, da Bethânia e do Thales. Chef profissional formada pela Menu Escola de Gastronomia de Londrina, atualmente cursando pós-graduação de Gastronomia e Cozinha Autoral pela PUC-RS. Adoro cozinhar, mas gosto mais ainda de comer!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *