Gaeco participa de ação contra roubo de cargas em nove estados

O LONDRINENSE com Assessoria

O Ministério Público do Paraná, por meio do Núcleo de Londrina do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco), participa nesta quinta-feira, 29 de agosto, da Operação Mercúrio, ação coordenada entre unidades do Gaeco de nove estados brasileiros voltada a coibir organização criminosa ligada ao roubo e interceptação de caminhões e cargas. No Paraná, estão sendo cumpridos dois mandados de busca e apreensão e um de prisão preventiva.

O trabalho é realizado simultaneamente em Minas Gerais, Goiás, São Paulo, Paraná, Santa Catarina, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Pernambuco, Tocantins e Pará. No total, estão em cumprimento 45 ordens de prisão preventiva e 48 de temporária, além de 110 mandados de busca e apreensão. As investigações começaram há 10 meses, a partir das operações Catira e Fideliza, deflagradas pela Polícia Federal, em 2015.

A organização criminosa investigada atua em diversas frentes – operacional, jurídica, lavagem de dinheiro, receptadores, apoio logístico, empresas fantasmas, entre outras. Também foi determinado o bloqueio de bens dos envolvidos no montante de R$ 40 milhões e decretado o sequestro de mais de 200 veículos.

Cidades – Os mandados de busca e apreensão estão sendo cumpridos nas cidades de Anápolis (GO), Aparecida de Goiânia (GO), Araguari (MG), Bela Vista de Goiás (GO), Belém (PA), Campo Grande (MS), Chapecó (SC), Franca (SP), Goiânia (GO), Gouvelândia (GO), Inhumas (GO), Iraí de Minas (MG), Itumbiara (GO), Londrina (PR), Olinda (PE), Patrocínio (MG), Quirinópolis (GO), Rio Verde (GO), Santa Helena de Goiás (GO), Santa Juliana (MG), Silvânia (GO), Taipas do Tocantins (TO), Trindade (GO), Várzea Grande (MT), Vianópolis (GO) e Uberlândia (MG).

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *