Falta de informações sobre a duplicação de avenida gera denúncia ao TCE-PR

Observatório de Gestão Pública denunciou Secretaria de Obras ao Tribunal de Contas e solicita que a Prefeitura de Londrina responda a diversas irregularidades

Mirella Fontana
O LONDRINENSE

O Tribunal de Contas do Paraná recebeu, nesta semana, uma denúncia realizada pelo Observatório de Gestão Pública de Londrina (OGPL) contra a Secretaria Municipal de Obras. O motivo é a falta de informações sobre a duplicação da Avenida Faria Lima.

Na denúncia, o OGPL acusa a Secretaria de não responder ou enviar respostas evasivas a diversos questionamentos sobre irregularidades encontradas durante a execução da duplicação.

O órgão também questionou sobre a falta de informações sobre a obra no Portal de Transparência da Prefeitura. O Município havia se comprometido a atualizar o site, mas não cumpriu.

A duplicação, que teve seu cronograma prorrogado por mais 120 dias, já teve uma denúncia feita ao Ministério do Trabalho, por falta de equipamento de proteção individual aos operários, os chamados EPIs.

Para o advogado do Observatório, Gabriel Alcântara, o modo como o Município tem tratado os questionamentos mostra que as obras estão sendo realizadas sem nenhum planejamento.



Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *