É o tédio…

Creio que para uma mente criativa, não tem coisa pior que a rotina! Não que uma certa rotina não seja necessária e, claro, uma certa disciplina, até mesmo para o trabalho.

Mas aquela rotina, em que tudo parece bem parecido, todos os dias….ah! Essa é a pior! Artistas precisam de “alimento”, tudo faz parte disso e, infelizmente, nesse ano atípico, o tédio “bate” muito forte!

Procurando inspiração, achei um aplicativo muito divertido , o “arts & culture”, muitas informações, visitas virtuais a museus e uma engraçadíssima em que você tira um selfie e o aplicativo procura uma obra de arte parecida com você!

Claro, Netflix campeão de audiência, mas poucos títulos sobre arte. O difícil é que ver a obra ao vivo é muito diferente de apenas ver a foto, muitas tem tamanhos diversos do que imaginamos e, conforme as câmeras ou filtros ou horários em que a foto foi tirada, a luz e consequentemente as cores mudam…

Lógico que nesse momento não temos opções de viajar ou irmos para lugar nenhum, então nada como bons aplicativos!

Uma opção interessante é contactar os artistas locais e ver as obras pelo whats, ou pelas redes sociais…Quem sabe não é um momento de conversar virtualmente sobre a obra do seu artista favorito?

E temos a coluna! Que está aberta para quem quiser saber mais sobre arte, artistas, e curiosidades sobre o mundo das artes! Muitas opções para sair do tédio…

Sem esquecer os documentários! Alguns são absolutamente inspiradores. Se vocês procurarem no “guru” Google, vão encontrar vários!

Existe um que fala especificamente do “Guernica” de Picasso e da guerra, é tocante!

Outro que me marcou foi sobre o Stan Lee ( sim!o criador de HQ da Marvel), absolutamente inspirador!

Boas histórias, grandes personagens e gente como a gente.

Até a próxima semana, pessoal!

Angela Diana

Sou londrinense e me dedico à arte desde 1986 quando pisei pela primeira vez no atelier de Leticia Marquez. Fui co-fundadora da Oficina de Arte, em parceria com Mira Benvenuto e atuo nas áreas de pintura, escultura, desenho e orientação de artes para adolescentes e adultos.Compartilhar:

Foto: Print do documentário Guernica, de Alain Resnais

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *