Delícias de Páscoa e do ano todo

Vai chegando a páscoa e a, cada ida ao supermercado, a gente leva um susto com o preço dos chocolates! Os pequenos começam a escolher seus ovos e nós só calculando os gastos com as lembrancinhas para professores, colegas de escola, afilhados… Bom, tenho algumas receitas coringas que podem ajudar a engordar a cesta e são tão fáceis que podemos chamar as crianças pra ajudar. O bom é que elas valem para Páscoa ou depois da Páscoa.

Bombom de Leite Ninho

Essa receita minha vó fazia pra nós e era sucesso garantido em qualquer evento, e sempre que íamos visitá-la ela aparecia com um pote cheio do doce! Uma delícia! Mas cuidado, depois que os ajudantes de coelhinho da pascoa aprendem, você nunca mais vai poder ter estes ingredientes na dispensa!

– 1 lata de leite Ninho;

– 1 lata de Nescau;

– 2 latas de leite condensado (se for comprar de caixinha tem que ser de 395g);

– 200g de coco ralado;

– Papel alumínio para embalar.

Misture todos os ingredientes. Enrole (tamanho de brigadeiro).

Corte o papel alumínio em retângulos e enrole os bombons.

Você pode usar outras embalagens por cima, pra ficar mais bonitinho, ou colocar em potes. Pronto!

Waffer recheado

Essa é ótima e a Bethânia adora fazer! A vantagem é que você pode rechear como quiser. Ganache, doce de leite, geleia, merengue, pasta de amendoim, tudo fica ótimo! Nesta receita vou usar creme de avelã. Mas prepare-se para a bagunça:

– 1 caixa de placas de Waffer;

– 500 g de creme de avelã (não precisa ser aquela marca famosa);

– 500 g de chocolate fracionado;

– Papel manteiga;

– Plástico filme;

– Tecido para decorar.

Pegue uma placa de Waffer, espalhe o creme e repita a operação. Deixe apenas a última folha sem cobertura. Com uma faca bem afiada, corte em quadrados. O corte deve ser de uma vez.

Derreta o chocolate em banho-maria, ou no micro-ondas, lembrando de mexer de 30 em 30 segundos, pra não queimar o chocolate. Banhe os waffers e deixe esfriar sobre o papel manteiga. Embale com plástico filme e depois com tecido, ou da forma que preferir.

Pirulito de bolacha Maria

Essa também pode ser recheada como você preferir, usaremos de merengue suíço.

– 1 xícara de açúcar;

– 1 xícara de água (suficiente para cobrir o açúcar);

– Essência desejada;

– 3 Claras;

– 500g de chocolate fracionado;

– 1 pacote de bolachas Maria;

– Papel manteiga;

– Plástico filme;

– Palito de sorvete.

 Em uma panelinha colocar o açúcar, a água e a essência e ferver em fogo médio, sem mexer. Na batedeira, bata as 3 claras em neve, e quando a calda atingir ponto fio, misture devagar com as claras, sem desligar a batedeira, até a mistura esfriar e adquirir uma consistência cremosa.

Dica: Para descobrir o ponto basta mergulhar o garfo na calda, ao levantar o talher deve-se perceber pequenos fios de açúcar.

Disponha as bolachas sobre uma mesa. Derreta o chocolate, molhe a ponta dos palitos de picolé e cole em metade das bolachas. Cubra com o merengue e feche com a bolacha sem palito. Agora é só banhar no chocolate e deixar secar ou esfriar no papel manteiga. Enrole no plástico filme.

Em qualquer receita você pode decorar com pasta americana, amêndoas, como preferir.

Aproveite!

Foto: Acervo pessoal

Agda Souto Bressan
Sou graduada em História pela UEL, casada com Oscar e mãe do Davi, da Bethânia e do Thales. Chef profissional formada pela Menu Escola de Gastronomia de Londrina, atualmente cursando pós-graduação de Gastronomia e Cozinha Autoral pela PUC-RS. Adoro cozinhar, mas gosto mais ainda de comer!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *