Coxinha, a rainha do boteco

Estava aqui pensando muito no que fazer para meu marido no Dia dos Pais. Passei por todas as fases: feijoada, que ele ama; goiabada com queijo; galinhada mineira. Muitas dúvidas! Mas, pensando bem, acho que a comida preferida dele é coxinha. Coxinha é algo muito difícil de alguém não gostar. E aí? Massa de batata ou de mandioca? Acontece que eu tenho uma receita que não vai nenhuma das duas, e que é super macia e crocante. Experimenta!

Ingredientes para o recheio:

– 600 g de peito de frango;

– 80 g de cebola bem picada;

– 5 g de alho bem picado;

– 30 ml de óleo vegetal;

– Colorau a gosto;

– Louro a gosto;

– Sal a gosto;

– Pimenta a gosto;

– Salsinha a gosto.

Em uma panela, cubra o frango com água e a folha de louro. Quando o frango estiver cozido retire da água e desfie. Reserve a água. Em uma frigideira aqueça o óleo, doure a cebola e o alho, acrescente o frango, o colorau e tempere com sal e pimenta. Reserve.

Ingredientes para a massa:

– 250 g de farinha;

– 500 ml de fundo de frango (já demos a receita aqui e você pode completar com a água usada para cozinhar o peito);

– 50 g de manteiga sem sal;

– Sal a gosto.

Em uma panela coloque o fundo de frango, a manteiga e o sal. Espere ferver e acrescente a farinha de uma vez. Mexa bem. Cozinhe até desgrudar do fundo da panela. A massa de coxinha deve ser manipulada quente, mas não fervendo. Espere até que esteja numa temperatura suportável e cuidado pra não queimar as mãos. Pegue um pouco de massa, coloque na palma da mão, aperte com o dedão e recheie. Depois é só moldar. 

Para empanar:

– 250 g de farinha de rosca;

– 2 ovos.

 Bata os ovos. Passe a coxinha no ovo e em seguida na farinha de rosca e frite em imersão, ou seja, em óleo bem quente, suficiente para cobrir as coxinhas.

Você também pode ousar nos recheios. Fique à vontade. Carne moída, palmito, já vi até buquê de coxinha! Eu ia adorar ganhar um, você não? Aproveite!

Foto: Acervo pessoal

Agda Souto Bressan
Sou graduada em História pela UEL, casada com Oscar e mãe do Davi, da Bethânia e do Thales. Chef profissional formada pela Menu Escola de Gastronomia de Londrina, atualmente cursando pós-graduação de Gastronomia e Cozinha Autoral pela PUC-RS. Adoro cozinhar, mas gosto mais ainda de comer!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *