Concerto da OSUEL no FIML comemora 35 anos da orquestra

A programação de sábado (13) traz também o Dia Mundial do Rock e o Trio Paranaense

Orquestra Sinfônica da Universidade Estadual de Londrina (OSUEL) tem um encontro marcado com Tchaikovsky, neste sábado, dai 13. São duas grandes obras com regência de Massimiliano Carraro: Concerto para Violino e Orquestra Op. 35, com solo de Leonardo Jaffé, e a Sinfonia nº 5 Op. 64. O concerto começa às 20h30, no Teatro Ouro Verde e os ingressos custam R$ 20,00 a inteira e R$ 10,00 a meia.

O Concerto Op. 35 foi composto quando Tchaikovsky descansava em um lago próximo a Genebra, em 1877. O refúgio veio após um casamento desastroso e, portanto, mesmo em um momento mais relaxado, a obra traz essa contradição de sentimentos. Composto com a ajuda de um amigo violinista, a peça é difícil de tocar.

“Tchaikovsky mostra a importância de se expressar livremente e dividir com o mundo as nossas emoções”, explica Leonardo Jaffé. Para o violinista, a empreitada é complexa: “A peça inteira é um desafio gigante para qualquer músico. É um dos concertos mais importantes da era romântica. É uma peça com muitas cores e tons extremos, que vai da alegria à tristeza em um piscar de olhos, tornando a viagem pela obra um caminho maravilhoso. Na verdade, as dificuldades desta peça são exatamente suas maiores qualidades”, destaca Jaffé.

O violinista é daqueles talentos que se revelam ainda na infância. “Eu tive a sorte de nascer em uma família de músicos, então comecei a estudar com quatro anos de idade. Quando minha mãe [a violinista Renata Jaffé] estava grávida de mim, ela tocava na Orquestra Municipal de São Paulo. Então minha vida toda foi rodeada de música”, acrescenta.Leonardo estreou aos 10 anos de idade, destacando-se em concursos e festivais, até estudar na Yehudi Menuhin School, na Inglaterra. Entre os palcos consagrados onde se apresentou, está o Carnegie Hall.

Leonardo Jaffé vê com bons olhos iniciativas como a do Festival de Música: “Eu já não moro no Brasil há muitos anos, e venho raramente para cá. A minha última experiência aqui foi justamente no Festival de Londrina do ano passado, onde eu tive a grata surpresa de trabalhar com jovens altamente dedicados, ávidos por informação. Na ocasião, tivemos uma experiência maravilhosa com as 4 Estações Porteñas de Piazzolla, que é uma peça muito complicada tanto musicalmente quanto tecnicamente, e os resultados foram incríveis”.

A segunda parte do programa traz a Sinfonia nº 5 Op. 64, conhecida por alternar temas sombrios e passagens de otimismo eufórico. À frente da orquestra estará o maestro Massimiliano Carraro, que já trabalhou no Teatro Alla Scalla de Milão e atuou ao lado de nomes como Claudio Abbado, Ricardo Muti, Georg Solti e Lorin Maazel, entre outros.

É a primeira vez de Massimiliano à frente da OSUEL, com a qual pretende trabalhar as diferentes formas expressivas do compositor: “Tchaikovsky viveu períodos de felicidade e de enorme depressão, retratando em suas obras essas diferentes fases de humor e condição pessoal. Ele ampliou a possibilidade do universo expressivo musical”, afirma o maestro.

Além de receber dois nomes reconhecidos internacionalmente, a OSUEL está celebrando 35 anos de sua fundação, em 1984. Motivos para comemorar, portanto, não faltam nesta 39ª edição do Festival Internacional de Música de Londrina.

Trio Paranaense

A Sanepar apresentaum recital com três dos mais proeminentes instrumentistas clássicos do Paraná: Winston Ramalho (violino), Adriane Savytzky (violoncelo) e Luiz Guilherme Pozzi (piano). O evento será no Teatro Crystal, neste sábado (13), a partir das 18h30 e os ingressos custam R$20,, e R$10,00 (meia entrada).

No programa serão apresentadas obras de Sergei Rachmaninoff (Andante da Sonata para Violoncelo e Piano, Op. 19), Richard Strauss (Sonata para violino e piano, Op. 18) e Johannes Brahms (Trio em Dó menor, nº 3, Op.101).

Winston Ramalho Começou a estudar violino aos 8 anos. Na Áustria estudou música de câmara. Foi primeiro lugar de vários concursos nacionais e internacionais, e participou em concertos e recitais de câmara no Brasil, Áustria, Alemanha, Hungria, Itália, Croácia, Bélgica, com renomados grupos e músicos. Também se apresentou como solista e camerísta em consagradas salas de concerto, e solista de importantes orquestras brasileiras. Leciona nos principais festivais do Brasil e América do Sul, é diretor musical e spalla da Orquestra de Câmara de Curitiba e Camerata Antiqua de Curitiba.

Adriane Savytzky estudou violoncelo na EMBAP onde se graduou em 1983. É convidada regularmente como professora e recitalista em diversos festivais de música no Brasil e na Europa. Atuou como professora da Escola de Música da Ospa. Professora convidada do 12º “Suzuki Method World Convention” em Dublim, Irlanda. Integrou a Orquestra Metropolitana de Lisboa e ocupou o cargo de primeiro cello da “Salzburg Chamber Soloists” e da “Deutsche Kammerakademie Neuss Am Rhein” (Alemanha). Atualmente é membro do Amade Trio Salzburg e primeiro cello da Orquestra Sinfônica do Paraná.

Luiz Guilherme Pozzi é bacharel em piano pela Escola de Música e Belas Artes do Paraná, com pós-graduação pela Escola Superior de Música de Freiburg, e pela Universidade de Música e Artes Dramáticas de Graz, na Áustria. É mestre em música pela Unicamp e doutor em música pela USP. Possui grande experiência como pianista recitalista, camerista e solista de orquestra. Seu CD de estreia, gravado ao vivo com a Sonata Op. 5 de Brahms e a Sonata em si menor de Liszt, ganhou a categoria revelação do 26º Prêmio da Música Brasileira. Ensina piano e música de câmara na Escola de Música do Estadode São Paulo (EMESP), é professor de piano na Faculdade Santa Marcelina e na USP.

Rock de Qualidade

Seguindo o slogan – “O Festival de Todas as Músicas” – o 39º FIML segue a programação de sábado (13) com o Dia Mundial do Rock, com o incansável Paulão Rock’n Roll como mestre de cerimônias.

Ele vai reunir na Concha Acústica, pelo 7º ano consecutivo, as melhores bandas da região. A partir das 15h começam a passar pelo palco, os grupos Hocus Pocus, Billy Bastardos, Novaventura, The Oldies, CO2, Hellway Patrol e Luke de Held & and The Lucky Band.

Desde 1951, quando o DJ americano Alan Freed com seu “rocking and rolling” lançou esse novo estilo de beat, o Rock’n’Roll se estabeleceu como grito de protesto e vitalidade da juventude dos anos 1950 e 60.

Serviço:

Sábado , dia 13

DIA MUNDIAL DO ROCK – Concha Acústica.  15h – aberto ao público

TRIO PARANAENSE – Evento Sanepar apresenta com Winston Ramalho (violino), Adriane Savytzky (violoncelo) e Luiz Guilherme Pozzi (piano), às 18h30, no Teatro Crystal Palace (Rua Quintino Bocaiúva, 15). Com cobrança.

CONCERTO DA OSUEL – Com maestro Massimiliano Carraro e Leonardo Jaffé (violino), às 20h30, no Teatro Ouro Verde (R. Maranhão, 85). Com cobrança.

INGRESSOS: online, pela plataforma Sympla (www.sympla.com.br). Valor: R$20 (inteira) e R$10 (meia) – na plataforma Sympla é cobrada uma taxa de 10% de serviço. Também na Loja Ciranda (Rua Pref. Hugo Cabral, 656).

O Festival Internacional de Música de Londrina tem a direção artística do pianista Marco Antonio de Almeida, direção pedagógica de Magali Kleber. Pres. da Assoc. de Amigos do FIML, Marcelo Camargo. Curadoria: André Siqueira, Janete El Haouli e José Marcello Casagrande. É uma realização da Secretaria de Estado da Cultura – Governo do Estado do Paraná // Secretaria Municipal da Cultura – Prefeitura do Município de Londrina-Promic // Casa de Cultura – Universidade Estadual de Londrina e Associação de Amigos do FIML.

Patrocínio: Unopar, Sanepar, Cacique, Unimed, Sistema FIEP/SESI, Plaenge/Vanguard Home, e Dentalclean.

Copatrocinadores: Sinpro, Laborsolo e Midiograf.

Apoio Cultural: Royal Plaza Shopping, Sonkey, Fecomércio-PR/SESC, Associação Médica de Londrina, Crystal Palace Hotel, Bristol Hotéis Resorts, Crillon Palace Hotel, Bar Valentino, Brasiliano Bar, Menina Bar, Casa Von Borstel. Projeto Guri, Escola de Música da Rocinha, Arte & Vida Centro de Convivência, Associação Cultural e Recreativa Illuminare, Instituto GPA, Ação Social pela Música do Brasil, Associação Solidariedade Sempre, Artis Colégium, Cultural Inglês e Espanhol, APP Sindicato,. Colégio Aplicação (UEL), Colégio Hugo Simas, Londrina Convention BureauRádio Universidade/UEL FM 107,9 e Igreja de Jesus Cristo dos Santos dos Últimos Dias.

Serviço de imprensa 39º FIML 

Empresas: Alea / Doc

Andréa Monclar – (43) 9.9101-1080

Emilia  Miyazaki– (43) 9.9951-1900

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *