Brisas de Liz, o doce que virou quindim

Várias histórias tentam dar conta da origem desta iguaria portuguesa. O que se sabe com certeza é que surgiu na cidade de Leiria e que, quando a família real portuguesa chegou ao Brasil, trouxe a receita consigo. Mas ao desembarcar por aqui, os chefs trocaram a amêndoa por coco, devido à grande oferta do produto. E assim surgiu o Quindim.

Ingredientes:

– 100 ml de água;
– 100 g de farinha de amêndoas;
– 250g de açúcar;
– 2 claras;
– 7 gemas.

Preparo:

Leve uma panela ao fogo com o açúcar e a água. Ferva por 3 minutos. Retire do fogo, acrescente a farinha de amêndoas e deixe esfriar. Bata bem levemente, com um garfo, as gemas e as claras e acrescente à mistura da farinha de amêndoas com a calda.

Untar as forminhas com manteiga e açúcar cristal e enchê-las.
As Brisas de Liz devem ser assadas em banho-maria. Coloque as forminhas numa forma grande e acrescente água quente. Lembre-se que não pode espirrar água dentro do doce, portanto, não encha muito de água.
Leve ao forno pré-aquecido em 180°C por 25 minutos.
Desenforme. Delicie-se!

Foto: Acervo pessoal

Agda Souto Bressan 


Sou graduada em História pela UEL, casada com Oscar e mãe do Davi, da Bethânia e do Thales. Chef profissional formada pela Menu Escola de Gastronomia de Londrina, atualmente cursando pós-graduação de Gastronomia e Cozinha Autoral pela PUC-RS. Adoro cozinhar, mas gosto mais ainda de comer!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *