Brioche, o pão versátil

Quando pensamos em brioches logo lembramos daquele pãozinho com uma bolinha em cima (brioche a la tète), mas, na verdade, esse pão é bem versátil e pode ser assado em diversos formatos, conforme o sua finalidade, na forma de pão comum, em trança ou hambúrguer.

O que difere o brioche de outros pães é a grande quantidade de ovos e manteiga, o que torna a massa bastante enriquecida, aerada, com gostinho amanteigado que vai muito bem com geleias e um cafezinho.

Você pode usar a batedeira planetária ou não, mas vai precisar de braço pra sovar bem. Essa receita dá pra uma forma de bolo inglês de 21 cm ou oito pães de hambúrgueres ou 16 brioches a la tète (precisa da forminha).

Vamos a receita:

– 300g de farinha de trigo;

– 6 g de fermento bioógico seco;

– 210 g de ovos (aproximadamente 4 ovos grandes) ;

– 1 ovo batido com um pouco de água para pincelar (egg wash);

– 100 g de manteiga sem sal amolecida.

– 36 g de açúcar;

– 7 g de sal.

Peneire e misture os ingredientes secos, farinha, sal, açúcar e o fermento, acrescente os ovos e misture bem. Acrescente a manteiga. A aparência é de que deu errado, a massa é bem pegajosa e grudenta, vá misturando até descolar do bowl ou da superfície enfarinhada. Cubra e deixe descansar em temperatura ambiente por 1 hora. Ela vai dobrar de tamanho. Leve a massa para a geladeira e deixe por pelo menos mais 1 hora.

Divida a massa em 6 bolinhas de mesmo tamanho, de preferência pese a massa e pese as bolinhas, coloque-as na assadeira untada e  deixe descansar por mais 30 minutos em temperatura ambiente. Pré-aqueça o forno em 180 graus. Pincele o ovo batido sobre a massa. Asse até ficar bem  dourado, aproximadamente 40 minutos, mas observe, pois vai depender de cada forno.

Foto: Arquivo pessoal

Agda Souto Bressan
Sou graduada em História pela UEL, casada com Oscar e mãe do Davi, da Bethânia e do Thales. Chef profissional formada pela Menu Escola de Gastronomia de Londrina, atualmente cursando pós-graduação de Gastronomia e Cozinha Autoral pela PUC-RS. Adoro cozinhar, mas gosto mais ainda de comer!

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *