Boca Aberta, Filipe Barros e Luisa Canziani: como gastam os deputados federais eleitos por Londrina!?

O Paraná elegeu 30 deputados, destes, três foram eleitos pela região de Londrina. Confira como eles gastam a verba de gabinete que é abastecida com o dinheiro dos nossos impostos.

Equipe O LONDRINENSE

O salário atual de um deputado federal é R$ 33.763,00. Além disso, recebem auxílio-moradia no valor de R$ 4.253,00 quando não conseguem ocupar um dos 432 apartamentos funcionais que a Câmara tem em Brasília. E também tem o direito a receber diárias quando viaja em missão oficial. Nas viagens nacionais, o valor é de R$ 524,00. Nas viagens internacionais, o valor da diária é de US$ 391,00 para países da América do Sul, e de US$ 428,00 para outros países.
Além disso, cada deputado tem R$ 111.675,59 por mês para pagar salários de até 25 secretários parlamentares, que trabalham para o mandato em Brasília ou nos estados. Eles são contratados diretamente pelos deputados, com remunerações que vão de R$ 1.025,12 a R$ 15.698,32. Atualmente, dos três, o deputado Boca Aberta é o que mais tem funcionários ao seu dispor, com 21 assessores. Luisa tem 16 e Barros, 15.

Cada parlamentar do Paraná tem ainda à sua disposição R$ 38.871,96 por mês para ressarcimento de despesas, a chamada cota parlamentar.
Em um comparativo entre os três, podemos perceber que o deputado que mais gastou foi o Boca Aberta, seguido por Luisa Canziani e Filipe Barros.

Despesas relativas a Fevereiro de 2019 –que teve 28 dias, as despesas posteriores ainda não estão consolidadas no Portal de Transparência da Câmara dos Deputados

Deputado Boca Aberta

Deputada Luisa Canziani

Deputado Filipe Barros

*Observação: O LONDRINENSE utilizou só os dados de fevereiro porque alguns parlamentares não lançaram todos os gastos de março e abril, embora obviamente tenham feitos viagens a Londrina nesse período.

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *