ACIL faz parceria com Conecta Londrina para ajudar empresários

Projeto desenvolvido por estudante de 17 anos pode ajudar pequenos e micros empresários a superarem dificuldades durante pandemia

O LONDRINENSE com assessoria

Criado pelo estudante Luiz Guilherme Fischer Abudi para oferecer mentorias gratuitas a micro e pequenas empresas durante a crise provocada pela pandemia, o projeto Conecta Londrina ganha agora apoio da Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL). A parceria visa fortalecer e difundir a iniciativa baseada no trabalho voluntário.

A partir de um site, o Conecta Londrina aproxima pequenos e microempresários de consultores, grandes empresários e outros profissionais. O aconselhamento é feito a partir de um contato pelo WhatsApp.

Os interessados podem se cadastrar no site tanto como mentorado (que precisa de ajuda) quanto mentor (que oferece ajuda). A aproximação ocorre com a realização de duas reuniões por videoconferência. Na primeira, o mentorado expõe seus problemas. Na segunda, o mentor apresenta as possíveis soluções. Tudo é feito gratuitamente.

“São dois pontos que possibilitaram essa parceria: a ajuda estrutural e a convergência de ideais. Esse contato que estou fazendo com a ACIL é muito positivo. É uma parceria formal, mas também é uma parceria no sentido mais amistoso da palavra”, comenta Luiz Guilherme. “Existe a busca do que as empresas acham que precisam, e a busca do que elas acabam descobrindo que precisam depois da mentoria. Todo mundo chega pedindo basicamente duas coisas: entrar mais na plataforma on-line e aumentar o volume de vendas”, explica.

No decorrer da mentoria, entretanto, as soluções podem passar por caminhos que o empresário nem imagina. “É uma iniciativa totalmente voluntária, não tem nenhum dinheiro envolvido. Todo mundo está ajudando por boa vontade”, completa.

O site da ACIL está disponibilizando a íntegra de uma live feita com Luiz Guilherme, nesta segunda-feira (29), para quem quiser saber mais sobre o Conecta Londrina. Mas também é possível assistir ao vídeo completo por este link.

Quem é Luiz Guilherme

Luiz Guilherme tem 17 anos, é estudante de ensino médio e não tem nenhuma experiência no mundo dos negócios. Mas viu vários negócios sendo fechados por causa da pandemia e se sensibilizou. “Todo mundo tem aquele restaurante que é querido, onde você vai aos domingos. Vi que estavam fechando e fiquei entristecido. Eu fiquei pensando: ‘Será que não tem ninguém ajudando essas pequenas empresas?’ A realidade era que muito pouca gente estava ajudando. Comecei a pensar no que poderia ser feito. Como eu não tinha nenhum investimento, tive que ter uma ideia mais criativa. Eu pensei neste projeto de mentoria totalmente voluntário, que ajudaria bastante gente mas não teria nenhum dinheiro envolvido”, explica.

Foto: Print do site

Compartilhar:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *